Resenha do texto movimentos sociais na contemporaneidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1700 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O texto Movimentos sociais na contemporaneidade, de Maria da Glória Gohn, aborda a relação entre os movimentos sociais e educação, destacando a não formal, desde o fim da década de 70 até o ano 2010.
Na educação não formal o grande educador está no “outro”, sendo este a pessoa com a qual interagimos e/ou nos integramos. Os espaços educativos são territórios que possuem um valor para oindivíduo, sendo, por exemplo, um local que acompanhe a trajetória de vida dos grupos, em locais informais onde há processos interativos intencionais, em ambientes e situações construídas coletivamente. Essa educação tem por objetivo uma construção, como : capacitar o indivíduo para que o mesmo se torne cidadão, proporcionar conhecimentos sobre o mundo que estão inseridos e suas relações sociais dentrodele, tendo como meta transmissão de informação e formação política sociocultural, preparando-os para civilidade.
Primeiramente a autora aborda exemplos e características dos Movimentos Sociais, na América Latina e logo no Brasil, enfocando os saberes e as aprendizagens que são adquiridas com os mesmos. Para ela, os Movimentos são: “fontes de inovação e matrizes geradoras de saberes”, sendo assim, decaráter político-social.
Os movimentos e grupos sociais permitem, ou deveriam, ações práticas com o intuito de estabelecer uma relação entre movimento social e educação, podendo esse ocorrer de duas formas: na interação dos movimentos em contato com instituições educacionais e no interior do movimento, dando caráter educativo de suas ações. A experiência é recriada cotidianamente, de acordo comas adversidades das situações enfrentadas.
Mária da Glória Gohn descreve os movimentos sociais como ações sociais coletivas de caráter sócio-político e cultural que viabilizam formas distintas de a população se organizar e expressar suas demandas, ou seja, é composto pelo povo que se põe em movimento para conquista de algo em comum (mudanças sociais) conforme seus valores, ideologias dentro deum determinado contexto permeado por tensões sociais, adotando diferentes estratégias (denúncias, mobilizações, marchas, passeatas, etc.)
Importante ressaltar que o movimento social acompanha as mudanças sociais e tecnológicas de acordo com o ambiente em que estão inseridos. Na atualidade, por exemplo, possuímos movimentações pela internet, uma ferramenta demasiadamente usada pela sociedade hojeem dia, o que permite que informação se propague de forma mais rápida e eficaz.
Os movimentos sociais se diferem das ONG’s a partir do momento que os primeiros possuem identidade, tem opositor e fundamentam ou articulam-se em um projeto de vida e sociedade. Segundo a autora, os movimentos tem contribuído historicamente para organizar e conscientizar a sociedade. Atualmente apresentam ideáriocivilizatório que tem como objetivo a construção de uma sociedade democrática, com ações voltadas também para sustentabilidade, e não somente o autodesenvolvimento. “Lutam pela exclusão, por novas culturas políticas de inclusão. Lutam pelo reconhecimento da diversidade cultural.” Algumas novas bandeiras, como a diferença e a multiculturalidade estão sendo incorporadas para construção de umaidentidade própria dos movimentos.
Maria da Glória Gohn aborda algumas lutas, movimentos e associativismo na América Latina, como, por exemplo, a retomada do movimento estudantil no Chile, a luta contra a instalação de papeleiras no Uruguai, luta contra empreendimentos de mineração a céu aberto na Argentina, O Movimento Campestino de Córdoba, Movimento dos Sem Terra (MST) no Brasil, etc.
Os movimentospopulares ganharam grande visibilidade no fim da década de 70 e parte da década de 80, principalmente os de oposição ao regime militar. Em 1990 criou-se a Central dos Movimentos Populares, que foi um marco, pois estruturou inúmeros movimentos populares em nível nacional e a medida que as políticas neoliberais avançavam diversos movimentos iam surgindo, contas reformas estatais, contra fome,...
tracking img