Resenha do primeiro capitulo casa grande e senzala

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1067 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FREIRE, Gilberto. 1900. Casa-grande & senzala: formação da família brasileira sob o regime de economia patriarcal [por] Gilberto Freyre; Ilustração de Tomás Santa Rosa e Poty, desenho a cores de Cícero Dias, 25. Ed. Rio de Janeiro, José Olympio Editora, 1987.
André Luis da Silva Abreu

Freyre começa o primeiro capitulo de Casa-grande e senzala, comentando sobre a organização econômica ecivilmente da sociedade brasileira em 1532, isso se deu pela feição dos portugueses pelos trópicos.
Formou-se na America tropical uma sociedade agrária na estrutura, (ao contrario da que aconteceu com outras colônias espanholas naquele período), escravocrata na técnica de exploração econômica, hibrida de índio e mais tarde de negros na composição.
O autor destaca a predisposição do português para acolonização hibrida e escravocrata dos trópicos, explica-a em grande parte o seu passado étnico, ou antes, cultural de povo indefinido entre Europa e África. Com essa predisposição a sociedade portuguesa facilitou a mistura que originaria o Brasil.
A mistura de raças e culturas para os portugueses: para eles isso seria um avanço na adaptação não só socialmente mais biologicamente. A miscigenação,mais do que a mobilidade, foi o processo pelo qual os portugueses compensaram-se da deficiência em massa ou volume humano para a colonização em larga escala e sobre áreas extensíssimas. Pois alem de povoar o território, fortaleceriam os aspectos físicos da raça branca.
Outro fator importante foi à adaptação dos portugueses ao o clima, pois o clima de Portugal era equivalente ao clima africano, eque por sua vez tinha suas semelhanças com o Brasil. À importância do clima vai sendo reduzido à proporção que dele se desassociam elementos de algum modo sensíveis ao domínio ou à influencia modificadora do homem.
Apesar de melhor adaptação ao clima, os portugueses no Brasil tiveram de mudar quase radicalmente o seu sistema de alimentação.
O colonizador português no Brasil foi o primeiro dentreos colonizadores modernos a deslocar a base colonizadora tropical da pura extração de riqueza mineral, vegetal ou animal para implantar uma forma de colonização a “colônia de plantação”.
A família na colonização portuguesa do Brasil caracteriza-se pelo domínio quase exclusivo da família rural ou semi-rural. Já a colonização por indivíduos (soldado de fortuna, aventureiros, degredados,cristãos-novos fugidos à perseguição religiosa, náufragos, traficantes de escravos, de papagaios e de madeiras), quase não deixou traços da plástica do Brasil, não chegando a definir-se em sistema colonial.
Freyre aborda sobre a lei de 7 de Janeiro de 1453, de Dom Dinis, diz-nos o general Morais Sarmento, que mandava tirar a língua pelo pescoço e queimar vivos os que descriam de Deus ou dirigiram injúria aDeus ou aos Santos.
A nossa verdadeira formação social se processa de 1532 em diante, tendo a família rural ou semi-rural por unidade, quer através de gente casada vinda do reino, quer das famílias aqui construídas pela união de colonos com mulheres caboclas ou com moças órfãs ou mesmo à toa, mandadas vir de Portugal pelos padres casamenteiros.
Na verdade muitos dos colonos que aqui se tronaramgrandes proprietários rurais não tinham pela terra nenhum amor nem gosto pela sua cultura.
Sem equilíbrio no volume nem regularidade no curso, variando extremamente em condições de navegabilidade e de utilidade, os rios grandes foram colaborando incertos, se é que os possamos considerar colaboradores, do homem agrícola na formação econômica e social do nosso país. Mas o Brasil agrário se utilizoudos rios menores e regulares, para suas diversas atividades como moer cana, alagar as várzeas, enverdecer os canaviais, transportar o açúcar, a madeira e mais tarde o café.
O bandeirante, particularmente torna-se desde os fins do século XVI um fundador de subcolônias, pois os bandeirantes conquistaram inúmeros terras, mais também comprometeu-se a saúde econômica e quase que se comprometia a...
tracking img