Resenha do livro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (265 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Pensamento Pedagógico Brasileiro (PP.230 -238) décimo quinto capítulo GADOTTI, Moacyr. Histórias das Ideias Pedagógicas. São Paulo: Atica, 1997.

Segundo o autor, opensamento pedagógico brasileiro, começou a ganhar autonomia diante do desenvolvimento da nova escola, e esse pensamento pedagógico imitou o pensamento religioso medieval, junto com opensamento iluminista.
O maior passo aconteceu em 1924, com a criação da Associação Brasileira de Educação (ABE). Reconstruindo a sociedade através da educação. Os jesuítasdoaram ao ensino a arte do bem falar, estimulando as competições com prêmios e castigos.
Com seu modo preconceituoso e discriminatório, os jesuítas dedicaram-se a formar a altasociedade, e espalharam entre as classes inferiores, uma religião de subserviência.
“o autor fez um balanço da educação ate o final do Império em dois brilhantes e eruditospareceres de Rui Barbosa (1849-1923): Sendo o primeiro sobre o ensino secundário e superior e o segundo sobre o ensino primário apresentado ao parlamento, respectivamente, em 1882 e1883.
Rui Barbosa defendia uma educação libertaria, visando melhorar o atraso educacional que existia êxito na revolução social.
O movimento anarquista mostrava que casonão houvesse uma mudança no processo educacional não existiria
Maria Lacerda de Moura (1877-1944) foi à educadora que espalhou o pensamento libertário, propondo a inclusão daeducação física, educação dos sentidos e o estudo do crescimento físico.
“Dizia ela que era preciso declarar guerra ao analfabetismo”.
A contribuição maior veio por parte dePaulo Freire, educador e filosofo brasileiro, destacou-se pelo seu empenho em alfabetizar jovens e adultos, tendo como objetivo do método de ensino a conscientização da sociedade.
tracking img