Resenha do livro o pequeno principe

O PEQUENO PRÍNCIPE

O Pequeno Príncipe é um romance do escritor e aviador Antoine de Saint-Exupéry, foi publicado em 1943 após o autor sofrer um acidente em uma de suas viagens de avião.Depois de passar um período perdido no deserto da Líbia Saint-Exupéry criou o personagem central de uma história que encantaria milhares de pessoas no mundo todo, o Pequeno Príncipe.
Ao contráriodo que parece, este não é um livro para crianças, mas um livro que desperta em cada um a sua criança interior, trazendo à tona questionamentos inquietantes sobre a maneira como levamos a vida e comoenxergamos as pessoas ao nosso redor.
O narrador começa a história recordando-se do seu primeiro desenho de criança, um elefante engolido por uma jibóia. Porém ao mostrar o desenho aos adultos,diziam-lhe que era um chapéu. Carregava sempre este desenho com ele, e quando cresceu o mostrava às pessoas a fim de testar o seu grau de lucidez, porém todos continuavam a responder que era um chapéu.Desencorajado a desenhar escolheu a profissão de piloto. Em certo dia, em uma de suas viagens, o seu avião sofreu uma pane e caiu no deserto do Saara. Adormeceu sobre as areias e foi despertado poruma “vozinha” lhe pedindo para desenhar um carneiro. Era o Pequeno Príncipe, um rapazinho de cabelos dourados e que usava cachecol. Mostrou-lhe então o seu desenho e o Pequeno Príncipe respondeu-lheque não queria uma jibóia engolindo um elefante e sim um carneiro. O menino explicou que em seu pequeno planeta havia muitos baobás, árvores que crescem muito e se não eliminados quando pequenas podemse tornar um grande problema, por isso precisava de um carneiro que comesse os baobás. Após várias tentativas em desenhar o carneiro, o narrador resolve desenhar uma caixa onde o carneiro que o PequenoPríncipe desejava estava dentro. E foi assim que o aviador conheceu o Pequeno Príncipe que lhe contou que vinha de um planeta pequenino, do tamanho de uma casa, onde bastava afastar um pouco a...