Resenha do livro o caso dos exploradores de caverna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (340 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha do livro “O Caso dos Exploradores de Caverna”.


Lon Luvois Fuller, (1902-1978) foi um jurista americano nascido no Texas, cursou direito na Universidade de Stanford, atuou como professorde Teoria do Direito e publicou diversos estudos de direito civil. O caso dos exploradores de cavernas, foi a obra que concedeu a sua fama.
Esse trabalho, publicado pela primeira vez em 1949, foilido e comentado por estudantes e professores de Direito em todo o mundo, tendo sido traduzido para vários idiomas. A tradução para o português, publicada em 1976, obteve um enorme sucesso editorial.
Ahistória se inicia no fictício ano de 4299, um grupo de cinco espeleólogos da também inverídica comunidade de Commonwealth foram vitimados por um acidente que fechou a saída da caverna que estavamexplorando. No entanto, o resgate enfrentou diversas dificuldades para conseguir retirar os exploradores da prisão onde se encontravam, ocorrendo inclusive um acidente que ocasionou a morte de deztrabalhadores que faziam parte da operação de resgate.
Após a ausência de respostas a comunicação foi interrompida e os exploradores decidiram sacrificar um dos cinco, para que a sobrevivência osoutros quatro fosse garantida. Roger Whetmore propôs um sorteio para a escolha daquele que seria sacrificado. Antes do início do jogo, Whetmore desistiu de participar e sugeriu que esperassem mais umasemana. Seus companheiros o acusaram de traição e procederam ao lançamento dos dados. Quando chegou a vez de Whetemore acabou sendo o escolhido. Foi morto, sua carne serviu de alimento para seuscompanheiros que sobreviveram e foram salvos 30 dias depois do início do resgate.
Os sobreviventes são processados e condenados a morte pelo assassinato de Roger. Foram julgados então por mais quatro juízes,que expuseram seus argumentos, deram dois votos a favor da absolvição (Foster e Handy), um os condenou (Keen) e outro se recusou a participar da decisão do caso (Tatting), contando com o voto do...
tracking img