Resenha do livro a riqueza das naçoes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1797 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CARMEM LUCIA SANTOS

Resenha
A Riqueza das Nações.
Investigação sobre sua natureza e suas causas

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ (UFPA)
Setembro de 2011

CARMEM LUCIA SANTOS

Resenha
A Riqueza das Nações.
Investigação sobre sua natureza e suas causas

Resenha apresentada como exigência parcial da disciplina Estado e Educação (ministrada pela Professora Doutora Terezinha Monteiro) eem cumprimento parcial das exigências do curso Mestrado em Educação.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ (UFPA)
Setembro de 2011
RESENHA DO LIVRO:
SMITH, Adam. A Riqueza das Nações. Investigação sobre sua natureza e suas causas. Vol. 1. (Livros I, II e III) Editora Nova Cultural, São Paulo. 1996. Disponível em:
http://www.4shared.com/document/3dYqEZPT/A_Riqueza_das_Naes_-_Vol_1.htm
(Acesso em07/09/2011)

Por Carmem Lucia Santos


Dados do Autor: Filósofo e economista escocês, considerado por muitos autores “o pai da economia clássica”, é o mais conhecido comentador do livre mercado de todos os tempos. Nasceu em 5 de junho de 1723, na pequena cidade litorânea de Kirkcaldy, na Escócia e faleceu em Edimburgo no dia 17 de julho de 1790. O seu livro "A Riqueza das Nações",editado em 1776, foi e continua a ser uma obra de referência para todos os economistas. Antes desta obra, em 1759, Adam Smith tinha já publicado o livro "A Teoria dos Sentimentos Morais", uma obra que lança os fundamentos filosóficos e psicológicos sobre os quais a sua obra prima "A Riqueza das Nações" viria a ser construída posteriormente.


Síntese do Livro:

O texto está estruturado emcinco livros, sendo que apenas três serão sintetizados. O primeiro livro tem como tema: As causas do aprimoramento das forças produtivas do trabalho e a ordem segundo a qual sua produção é naturalmente distribuída entre as diversas categorias do povo. Está dividido em onze capítulos que tratam da divisão do trabalho que o elemento que multiplica as produções de todos os diversos ofícios e gera, emuma sociedade bem dirigida, a riqueza universal que se estende até às camadas mais baixas do povo.
O principio que dá origem a divisão do trabalho que segundo Adam Smith é a consequência necessária, embora muito lenta e gradual, de uma certa tendência ou propensão existente na natureza humana que não tem em vista essa utilidade extensa: a propensão a trocar uma coisa pela outra . É pornegociação, por escambo ou por compra que conseguimos uns dos outros a maior parte dos serviços recíprocos de que necessitamos da mesma forma é essa mesma propensão ou tendência a permutar que originalmente gera a divisão do trabalho, sendo que essa divisão do trabalho é limitada pela extensão do mercado.
Smith aponta a origem e o uso do dinheiro que se transformou no instrumento universal de comércio,através do qual são comprados e vendidos – ou trocados entre si – mercadorias de todos os tipos. Em seguida, o autor discute o preço real e o preço nominal das mercadorias ou seu preço em trabalho e seu preço em dinheiro e os fatores que compõem o preço das mercadorias, demonstrando que as mercadorias possuem o preço natural e o preço de mercado das mercadorias. Quando o preço de uma mercadoria nãoé menor nem maior do que o suficiente para pagar a renda da terra, os salários do trabalho e os lucros do capital empregado em obter, preparar e levar a mercadoria para o mercado é nesse caso vendida pelo que se pode chamar de seu preço natural. O preço corrente ao qual uma mercadoria é vendida denomina-se seu preço de mercado. Este pode estar acima ou abaixo do preço natural, podendo tambémcoincidir exatamente com ele.
Os salários do trabalho são a recompensa natural do trabalho, cuja remuneração generosa é o efeito da riqueza crescente e os lucros do capital que dependem das mesmas causas que o aumento e a diminuição dos salários do trabalho, do estado de progresso ou de declínio da riqueza da sociedade; porém essas causas afetam um e outro de maneira muito diferente. Os...
tracking img