Resenha do livro A Politica de Aristoteles

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4357 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto

13/05/2014
No livro “A política”, Aristóteles fala da formação das pessoas e do estado que constituem uma cidade. Para ele o Estado é uma sociedade que define o bem de todos, uma vez que o foi dado ao homem o dom da fala, o conhecimento e sentimento da divisão entre o bem e o mal, o justo e injusto, fazendo assim com que o homem passe a ter maior desenvolvimento que os outros animais. Nosprimeiros capítulos temos uma introdução sobre a formação e origem da cidade e o desenvolvimento do homem dentro da sociedade.
Para Aristóteles a formação das cidades começa a partir da necessidade que o ser humano tem em depender um dos outros, ele cita ainda que a natureza permite a quem ter maior inteligência de prover sobre escolhas e conhecimentos o poder de liderar e aqueles que só podemoferecer seu corpo, ou seja, sua força física, tem somente o direto de servir e obedecer a quem pode liderar.
No primeiro capitulo temos um estudo sobre a formação das famílias que em um todo se constitui o estado. A família dentro de uma sociedade política é conhecida como governo doméstico, em que sua formação se da através de um homem, a mulher, seus filhos e os escravos. Explica também aformação da cidade que se da pela junção de pessoas (homem, mulher, filhos e escravos) que forma a família e através da formação da família se formam burgos que unidos pelo mesmo propósito e necessidades passa a formar uma cidade.
A própria natureza passa ao individuo em sua criação que ele necessita de outros para sobreviver, uma vez que um homem por algum motivo não tiver nenhuma necessidade pelo qualutilizaria o outro seria um deus ou um individuo intolerável dentro da sociedade, pois o mesmo não teria leis, família e muito menos um lar. Aristóteles ainda explica que um a sociedade domestica e os indivíduos são as partes da cidade e essas se formam como um corpo, onde se separados não tem o mesmo efeito se tornando todos inúteis, porem, para se compreender seus conceitos seria necessáriodecompor suas partes, analisar seus efeitos separadamente e ao fim junta-los novamente.
Explica ainda o conceito de governo doméstico o qual é constituído por pessoas livres e escravos. Existem três tipos de poder na família:o despotismo, que é o poder do senhor sobre os escravos; marital, poder do marido sobre a mulher e paternal, poder do pai sobre os filhos. A autoridade domestica é como umamonarquia, isso porque o poder esta sempre nas mãos de apenas uma pessoa, podendo ser o senhor ou o pai, assim como na monarquia que o poder esta nas mãos de um rei.
A partir de então começa a assuntos sobre questões econômicas onde para Aristóteles as verdadeiras riquezas estão apenas nas coisas úteis para o bem estar e o necessário ao menos para sobrevivência onde o trabalhador é uma espécie deinstrumento para buscá-los. Existindo duas formas de se adquirir o que era necessária, a primeira de forma Econômica, onde a conquista é somente para as necessidades de sobrevivência e a segunda a Crematística, onde era visto o lucro, dando assim o surgimento ao comercio, onde passa a existir de forma diferente a troca e por conseqüência de grandes trocas passa a surgir a moeda.
Antigamente astrocas eram feitas de acordo com as necessidades de cada um, mas como foi se tornando cada mais intensas e maiores as trocas entre cidades


Inicialmente as trocas só podiam ser feitas na proporção exata das necessidades de cada um. Entretanto foram justamente as trocas que constituíram a base da ciência da riqueza, principalmente de um de seus ramos. Isso ocorreu porque a sociedade tornou-semais numerosa e as trocas mais intensas.
Diante da intensificação das trocas, viu-se a necessidade da introdução do uso da moeda. A ciência de enriquecer teve a moeda como seu principal objeto e como principal objetivo os meios de adquiri-la em grande quantidade. Aristóteles via o metal cunhado (moeda) como mera convenção. Seu valor era por isso muito relativo, pois uma vez mudada a convenção,...
tracking img