Resenha do livro: "a menina que roubava livros"

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1079 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Observando a contracapa do livro “A menina que rouba livros” está presente a seguinte frase: “Quando a morte conta uma história você deve parar para ler” um tanto interessante, não é verdade? O autor Markus Zusak elaborou essa obra baseado em parte da sua infância, misturando a idéia da morte com uma menina roubadora de livros, tal idéia, surgiu logo após concluir outro dos seus clássicos.Confeccionado em uma linguagem tênue, o leitor acaba se apaixonando após algumas páginas e depois fica difícil desgrudar os olhos do livro. Cada ação narrada pela morte, descrita por Liesel Meminger – a roubadora de livros – torna-se mais interessante, mas essa história não teria início se a própria morte não houvesse pegado um livro de Liesel no momento em que estava sendo levado para o lixão.Mas, a partir de agora, iremos compreender melhor todos os acontecimentos por meio desta resenha.
A história inicia em uma estação de trem na Europa durante o mês de Janeiro em 1939, era inverno, e lá estavam Liesel, sua mãe biológica, seu irmão caçula Werner, e a morte aguardando para pegar a alminha de Werner, que veio a falecer após embarcarem rumo à Munique onde seriam entregues paraadoção, como já mencionado, o irmão de Liesel não resistiu e foi enterrado na cidade mais próxima.
Durante o enterro o coveiro deixou cair um livro de seu bolso e Liesel já estava saindo do local com sua mãe, mas quando viu algo no chão, pegou e sem hesitar levou embora caracterizando seu primeiro roubo, ela tinha apenas onze anos. Em Bahnhof foi à última vez que ela viu sua mãe biológica,depois disso, foi transportada em um carro rumo a Molching mais precisamente na Rua Himmel onde conheceu seus pais de adoção Hans e Rosa Huberman. Hans sempre foi um excelente pai para a menina, era atencioso, carinhoso, todavia tocava acordeom para lhe agradar, ela adorava esse gesto dele. Já sua mãe Rosa tinha um temperamento fora do normal era uma mulher sem meias palavras e muito estressada, suamaior arte era falar mal de tudo e todos na maioria das vezes.
Liesel enfrentou um grande tormento durante muito tempo devido ao trauma adquirido com a morte de seu irmão e a separação de sua mãe biológica, ela acordava todas as noites assustada, mas o sempre presente Hans estava lá para acalmá-la, além disso, foi ele quem auxiliou Liesel a ler e escrever, apesar de não ter o ensinofundamental completo, se dispunha todas as madrugadas junto à menina e liam as páginas do livro roubado. Após alguns dias, ela começou a se familiarizar com todos principalmente o Rudy Steiner, seu querido vizinho, que a recebeu com uma bolada de neve nos olhos alguns instantes após se conhecerem. A morte comenta que uma amizade iniciada dessa forma irá durar por um longo tempo.
Como estava naépoca de Adolf Hitler houve uma confraternização em seu nome próximo onde Liesel morava. Fanática por ele, ela foi até lá prestigia-lo até saber que o responsável pela separação dela e de sua mãe era devido ao Führer. A menina se zangou e começou a tentar sair daquele local. No meio do tumulto havia várias fogueiras, queimas de livros, Liesel sentiu outra oportunidade de furto, e novamente, conseguiuroubar outro livro próximo à fogueira, e mesmo com uma parte dele ainda em chamas bateu rapidamente com as mãos e colocou debaixo de seu casaco, a mulher do prefeito viu essa cena.
Rosa trabalhava lavando e entregando roupa para as pessoas próximas. Liesel começou a lhe auxiliar após algum tempo, que por sua vez, assumiu o cargo da entrega aos clientes. Mas após o início da guerra asituação começou a ficar complicada para todos os moradores que começaram a cancelar o serviço de Rosa, uma cliente especial que eles tinham era a Sra. Ilsa mulher do prefeito, ela era mais especial para Liesel, ao conhecê-la, pensou que a mulher iria lhe denunciar pelo ato do roubo do livro durante a confraternização, mas tudo aconteceu de forma contrária, à mulher lhe disponibilizou o acesso a sua...
tracking img