Resenha do livro quem precisa de teologia ?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2528 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha do Livro Quem Precisa de Teologia ?

I A Obra : Quem Precisa de Teologia ?
II Credenciais dos Autores:
Stanley J. Grenz tem se destacado como um grande escritor no meio evangélico, entre suas obras destaca-se: 20th-Century Theology: God and World in the Transitional Age, escrito em parceria com Roger E.Olson, Professor no Bethel Collge,Minnesota.
Grenz também vem se destacando comoprofessor de teologia e ética no Carey Theological College e Regent College, Colúmbia Britânica, Canadá.
Grenz pode ser descrito como um evangélico ecumênico cujas obras têm contribuindo para comunidade reformada.

III Editora: Vida do Grupo Zondervan Harper Collins
Editora Filiada a Associação Brasileira de Editores Cristãos
1° Edição Outubro de 2002
O livro é divido em Capitulo e em blocosde assunto com 9 Capítulos: 159 pag.
IV Conclusão: Apresentando a Obra
A pesquisa qualitativa que o autor propõe para o conhecimento da subjetividade enfatiza o caráter teórico sobre a Teologia, assim como o uso e nas suas formas. Neste sentido a pesquisa orientada é para a compreensão dos aspetos subjetivos deste processo prioriza os seguintes aspectos: Avalia os pensamentos de pessoas quepossui uma concepção errônea, que faz do Teólogo uma criatura temível, preocupada apenas em elaborar pensamentos profundos e perturbadores. O autor conduz de uma forma clara os cincos níveis de teologia, a formal, a leiga, a ministerial, a profissional e acadêmica.
A capacidade descrita nesta obra, afirma que todo ser humano é teólogo e que todo o Cristão é ou deveria ser teólogo, e que nosaproxime cada vez mais da comunhão e da revelação de Deus.

V RESUMO DOS CAPÍTULOS
CAPÍTULO 1 – Todo cristão é teólogo.
Nesse capítulo o autor apresenta, com detalhes, o termo teologia e suas ramificações.
Teologia da cosmovisão, ela se refere ao quadro de idéias e crenças pelas quais um indivíduo interpreta o mundo e interage com ele. A teologia de cosmovisão é comum a todas as pessoas que pensam,porque e indagar das questões fundamentais da vida faz parte da existência humana. Isso poderia ser em si mesmo um indicativo de existe alguém além de nós. Teologia Cristã, Na mesma linha de assuntos interessantes, podemos citar os argumentos da ontologia (em grego “ontos e logoi” que significa “ciência do ser”).
A duas formas de pensar sobre o assunto a versão ligada a teologia Cristã é superiore completa é com ela que devemos superar os obstáculos que se opõe a teologia.
As advertências desestimulantes partem da família e dos desinformados, e alguns de nossos mentores espirituais que tentaram nos dissuadir do estudo da teologia.
A superação dessas objeções, porque para nós a teologia foi e continua sendo o estudo libertador e enriquecedor que nos aproxima cada vez mais de Deus.
Ateologia de cosmovisão ela nós leva a conhecer o horizonte de grandes pensadores e teólogos como Arthur Homes que era professor de filosofia da Universidade de Wheaton.

CAPÍTULO 2 – Nem todas as teologias são iguais.
Nesse capítulo o autor apresenta os níveis de teologia prática e a Reflexão.
O próprio autor observa quando cita os níveis de teologia na prática, a com experiência tem comprovadoque o nível baixo ou moderado, sem a orientação sistemática e comprovatória de um ensino teológico competente pode levar o leigo a graves erros.
Mas não podemos deixar de admitir que haja muitos segmentos e níveis teológicos e que alguns são bons e uteis, e outros são perigosos. A reflexão, portanto, envolve certa dose de pensamento crítico, pois questiona as nossas formas de pensamento crítico.Afinal não se presume que os cristãos creiam como crianças e simplesmente concordem, mediante a fé cega, com o que lhes prescreve a Palavra de Deus.
Assim o autor descreve que teologia como fé em busca de entendimento, estendem-se num vasto leque de reflexão. Em um lado está o que chamamos “Teologia popular”, e na outro a “Teologia acadêmica”

CAPÍTULO 3 – Definição de teologia.
Nesse...
tracking img