Resenha do livro mentes brilhantes, mentes treinadas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (269 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha do capítulo 1 do livro: Mentes Brilhantes, Mentes Treinadas de Augusto Cury

Bibliografia:
Cury, Augusto
Mentes brilhantes, mentestreinadas/Augusto Cury. – 3. Ed. São Paulo: editora Academia de Inteligência, 2010.

No primeiro capítulo de Mentes Brilhantes, Mentes Treinadas, o Dr. Augusto Cury, comobom psiquiatra e psicoterapeuta que é, começa com um tema forte, Amor versus Razão, que remete o leitor a um antigo e conhecido termo de julgamento pessoal,saber dosar razão e emoção. Porém o autor fala especificamente de amor, da falta, ou ainda do uso errado deste sentimento, que na verdade ele tenta puxar pro ladoemotivo de quem lê, o que acaba, de certa forma, dando muito certo já que a maioria das pessoas vivem buscando respostas para seus conflitos emocionais. Aoque parece o autor tentar chamar a atenção do maior número de pessoas possível, o que é normalmente explicado pelo fato de ser um livro escrito por um autorfamoso e feito pra vender e ele, como psicólogo, consegue fazer isso bem puxando desde os cristão sem religião aos ateus dizendo que já foi ateu no passado mas quehoje acredita que acreditar em Deus é um ato inteligente.
Augusto Cury diz ainda que este livro não é um livro de auto-ajuda, o que alguns críticos dizem quenão é verdade pois o livro tende a expor muitos conselhos e leva o leitor a fazer várias indagações sobre seu estilo de vida.
O primeiro capítulo termina comuma lista de dicas que explicam diferenças entre paixão doentia e amor inteligente e ao final alguns pensamento para refletir.

Odirlei Soares de Mesquita
tracking img