Resenha do livro:jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. 13 º ed. são paulo cortez, 2010.

KISHIMOTO, Tizuco Morchida. (Org). Jogo, Brinquedo, Brincadeira e a Educação. 13 º ed. São Paulo: Cortez, 2010.


O capitulo que vamos abordar, é o primeiro capitulo desse livro denomina-se "Ojogo e a educação infantil" e foi escrito pela organizadora Tizuko M. Kishimoto. É interessante, pois trata de questões básicas, como por exemplo, conceituar o jogo, o brinquedo e a brincadeira, umatarefa extremamente difícil de ser feita na medida em que estes conceitos e as palavras que os significam não são precisos nem em nossa língua portuguesa nem em grande parte das demais. Essa imprecisãona linguagem, nos conceitos lingüísticos, constrói-se a partir das complexas relações com o projeto histórico-social e cultural em que as práticas do jogo e do brincar são exercidas e que também nãoestão tão definidas. A própria autora trata de demonstrar a dificuldade da conceituação. Para tanto, busca essa definição em vários autores que produziram conceitos em diferentes tempos históricos eespaços geográficos. Este recorrido dá ao leitor uma série de informações, cabendo a ele realizar uma reflexão comparativa. Finalmente, a autora apresenta a sua definição dos termos (nem semprecompartilhada por todos os autores), e que não é inteiramente por mim acordada, pelo menos no que se refere à linguagem e às culturas brasileiras.
O jogo, para Kishimoto (2010), pode ser visto como “oresultado de um sistema lingüístico que funciona dentro de um contexto social; um sistema de regras; e um objeto”. Esses três aspectos permitem a compreensão do jogo, diferenciando significados atribuídospor culturas diferentes, pelas regras e objetos que o caracterizam.
Pode-se inferir como jogos, uma variedade conhecidos, como: faz-de-conta, simbólicos, motores, sensórios-motores, intelectuais oucognitivos, individuais ou coletivos, metafóricos, verbais, de palavras, políticos, de adultos, de crianças, de animas, de salão e uma infinidade de outros mostrando a multiplicidade de fenômenos...