Resenha do livro hamlet de william shakespeare

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1193 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A morte do rei da Dinamarca, Hamlet, motiva o retorno de seu filho, o príncipe também chamado Hamlet, a Elsenor, cidade em que reside a Corte.
Hamlet se encontra num estado melancólico e completamente perturbado, em virtude da morte do pai. Algo que é ainda mais agravado pela sua inconformidade com o rápido casamento de seu tio Cláudio com sua mãe Gertrudes
Num plano de fundo, a Dinamarca estáem disputa com a Noruega, almejando não perder para o príncipe norueguês Fortimbrás, o território que este deseja recuperar, honrado o seu pai que fora morto em confronto com o rei Hamlet.
Apesar do desejo de Hamlet em voltar para a Universidade Wittenberg, da qual saiu em decorrência do falecimento do pai, seu tio e sua mãe o impedem, insistindo para que fique.
Os oficiais Marcelo e Bernardohaviam observado, já por duas vezes, durante suas guardas, o aparecimento de um espectro que muito lembrava o rei falecido, entretanto, Horácio não acreditava no relato dos oficiais até assistir o fato pessoalmente. Então, considerou de suma importância comunicar Hamlet sobre o ocorrido. O príncipe, surpreendido pela notícia, decide acompanhar os homens em suas guardas, esperando o aparecimento doespectro, que assim, vêm novamente e conduz Hamlet a um local mais reservado, onde se identifica como seu pai contando-lhe o real motivo de sua morte, a qual ocorreu devido à aplicação de um veneno em seu ouvido pelas mãos do tio Cláudio, ao contrário da história que havia sido inventada, onde a razão de sua morte seria uma picada de serpente. Nesta aparição, o espectro clama por vingança e designaHamlet para a realização da mesma. Horácio e Marcelo, que presenciaram a cena, foram obrigados a jurar sigilo.
Com tais revelações Hamlet passa a fingir-se de louco, no intuito de entender os acontecimentos e descobrir se realmente o tio havia assassinado o pai com a intenção de tomar o poder casando-se com a rainha.
O motivo da sua loucura é interpretado por Polônio, homem fiel ao rei, como umamor mal resolvido entre o príncipe e sua filha Ofélia, que, por ordem do pai e conselho do irmão Laertes, passa a recusar suas manifestações de afeto. No entanto, o rei não conformado com esta insanidade apresentada pelo sobrinho, manda Rosencrantz e Guildenstern, homens com quem Hamlet tinha alguma intimidade, averiguarem a situação.
Na intenção de desmascarar seu tio e certificar-se de que éo assassino, Hamlet monta uma peça, onde encena a morte do pai, conforme o relato do espectro, e procura juntamente com Horácio avaliar as atitudes de Cláudio, durante o espetáculo, para concluir se este é ou não culpado. Ao final, a expressão do tio na cena do assassinato é interpretada como a comprovação de seu ato criminoso.
Em meio a tudo isso, o príncipe Fortimbrás promete não invadir aDinamarca, desde que o rei lhe conceda permissão para atravessar suas terras a fim de atacar a Polônia.
Após o termino da peça, Hamlet encontra Claudio rezando, e por este motivo, não teve coragem para matá-lo.
Posteriormente, no quarto da rainha, quando esta criticava seu filho pelas atitudes tomadas, Hamlet acaba, não intencionalmente, matando Polônio, já que cravara a espada em um homem atrás dacortina, o qual acreditava ser o rei. Na verdade, Polônio se encontrava neste local, sob ordem do rei, com a função de ouvir a conversa. O espectro volta a aparecer, aconselhando Hamlet a acolher sua mãe, além de fortalecer o pedido de vingança, porém desta vez, ele só é visto pelo príncipe, fato que só levou a mãe a ter certeza da loucura do filho.
A partida de Hamlet para Inglaterra foiprovidenciada depressa, com a morte de Polônio. E, com a morte do pai, Ofélia acaba enlouquecendo, o que só provocara ainda mais o desejo de vingança de Laertes pelo responsável pelas atrocidades. Laertes é convencido por Cláudio, de que Hamlet é o único culpado, e planejam matá-lo, já que estão conscientes de que Hamlet voltara à Dinamarca, a bordo de um navio pirata.
Ofélia acaba suicidando-se,...
tracking img