Resenha do livro brasil cidades - urbanização

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1751 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro Universitário Uniabeu – Bacharelado em Serviço Social - 6º período.
Docente: Juliana Pimentel
Disciplina: Questão Agrária e Urbana
Aluna: Bárbara Barbosa Roberto;
Atividade: Resenha


O presente documento tem o intuito de realizar uma resenha sobre o texto “Brasil, Cidades: Alternativas para a crise urbana. In: Na periferia do mundo globalizado: metrópoles brasileiras”, escritopela autora Ermínia Maricato publicado pela Editora Vozes em 2001. No qual, faz a caracterização do intenso processo de urbanização/metropolização brasileira após o ano de 1940 através de dados urbanísticos e socioeconômicos. Assim como, algumas considerações críticas e analíticas sobre as origens deste processo com ênfase nos impactos da reestruturação produtiva internacional e do “ajuste”econômico, respectivamente dos anos 1980 a 2000.

]E a partir deste texto, a autora busca contribuir para o crescente desenvolvimento de um urbanístico crítico, pois este recusa a paralisia da ação propositiva. Sendo a produção deste documento produto de anos de dedicação ao estudo, pesquisa, prática profissional, atividades acadêmicas relacionados à área da habitação.

A respeito do processo deurbanização no Brasil a autora destaca a intensificação deste processo fazendo um comparativo quantitativo da década de 1940, no qual a população urbana atingia o total de 26,3% (18,8 milhões moravam na cidade) e no ano 2000 chega a 81,2% (138 milhões moravam na cidade). Diante disso, reflete que houve um grande movimento de construção de cidades e com isso as necessidades de transportes, saúde,energia, água etc. E que mesmo assim, não são respostas satisfatórias para as demandas existentes devido a este crescimento, porém de qualquer forma estes 138 milhões moradores residem em cidades, mesmo que improvisado.

A autora aborda que tal processo de urbanização é marcado pelas raízes do período colonial, porém somente se consolidou a partir da emergência do trabalhador livre, daproclamação da República, da indústria ligada ao café e às necessidades fundamentais do mercado interno.

E na introdução do século XX com as reformas urbanas foi lançado o “urbanismo moderno ‘à moda’ da periferia” (p. 17), ou seja, realização de obras de saneamento básico voltado para eliminar as epidemias e simultaneamente promover o embelezamento paisagístico, e o ingresso do mercado imobiliáriocapitalista. Logo, a população que não fazia parte desse processo era expulsa para os morros e franjas da cidade, e isso aumentou o processo de favelização nos grandes centros e como principal fator a má distribuição de renda.

Entretanto, Maricato (p.18) ressalta os principais fatores que influenciaram na urbanização, como a importância da força de trabalho escravo, pois contribuiu para a construçãoe reparo das cidades e edificios, e a pouca importancia à reprodução da força de trabalho mesmo após o trabalhador livre e o poder político em relação a propriedade privada da terra (patrimônio pessoal).
Com a introdução da década de 1950, o Brasil passou a produzir bens duráveis e de produção (eletrodomésticos, bens eletronicos e automóvel), e com isso significativas mudanças no modo de vida doconsumidor, na habitação e nas cidades. E de acordo com a autora (p.19) tais “bens modernos passaram a integrar um cenário de pré-modernidade”, e com ela também o aumento da concentração de renda da riqueza gerada nesse processo (1940 a 1980 com PIB brasileiro superior a 7% ao ano), inclusive o crescimento econômico.

Maricato (p.20) ressalta que as mudanças no perfil das grandes cidades –inclusive seu padrão de produção – ocorreram significativamente com a introdução de edifícios e apartamentos como forma de moradia da classe média (início dos anos 1940). Porém, apenas com a implementação do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) em 1964 (regime militar), no qual integrava o Banco Nacional da Habitação (BNH), que houve a consolidação do mercado imobiliário privado por meio de...
tracking img