Resenha do filme sorriso de monalisa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1235 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA ESTADUAL SENADOR MANOEL SEVERIANO NUNES



Macromolécula naturais e artificiais

Manaus/AM
Aluno: Anderson dos santos Gomes
Serie: 3 ano turma: 04 turno: matutino n: 42

Trabalho solicitado da disciplina de Química para obtenção de nota parcial do terceiro bimestre sob orientação do professor : Carlos.Manaus/AM
Introdução

Polímeros são definidos como o conjunto de pequenas moléculas denominadas monômeros, elas se ligam para formar macromoléculas. Daí o nome do grego: poli = muitos + meros = partes. Os polímeros se classificam em naturais e artificiais:

Polímeros naturais são aqueles que encontramos na natureza, por exemplo, borracha (extraída daseringueira), celulose, proteínas, polissacarídeos, entre outros. São úteis na fabricação de diversos materiais como papel, pneus, etc. Como se sabe, proteínas e polissacarídeos estão presentes nos alimentos que ingerimos.

Polímeros artificiais, os materiais poliméricos produzidos artificialmente surgiram da necessidade de imitar os polímeros naturais. São produzidos pela síntese: processo que surgiuapós a descoberta da Química Orgânica (segunda metade do século XIX), e requer tecnologia sofisticada, pois envolve reações químicas em laboratório.

Os polímeros sintéticos revolucionaram o século XX, ficaram popularmente conhecidos como plásticos. Com eles tornou-se possível fabricar vários objetos, dentre eles: sacolas, para-choques de automóveis, canos para água, panelas antiaderentes,mantas, colas, tintas e chicletes.

Macromoléculas artificiais
A principal conquista industrial da química orgânica no século XX foi a fabricação em grande escala de polímeros sintéticos. Com eles foram criados materiais fundamentais para o desenvolvimento tecnológico, como os plásticos, as fibras sintéticas e as resinas artificiais.
Polímero é uma macromolécula natural ou sintética, de alto pesomolecular, formada pelo encadeamento de unidades moleculares fundamentais chamadas monômeros. Os polímeros formam muitos dos materiais que compõem os organismos vivos, como as proteínas, a celulose e os ácidos nucléicos. Constituem também a base de minerais como o diamante, o quartzo e o feldspato, além de materiais criados pelo homem, como concreto, vidro, papel, plástico e borrachas. Algunspolímeros naturais, como as proteínas, são compostos de um só tipo de monômero, mas a maioria dos polímeros naturais e sintéticos é formada de vários tipos de monômeros -- são os chamados copolímeros.
Propriedades. Como as cadeias poliméricas são normalmente formadas pela união de um número aleatório de moléculas de monômeros, os polímeros não são constituídos de moléculas do mesmo tamanho.Conseqüentemente, pode-se definir apenas um valor médio para propriedades físicas como ponto de fusão e peso molecular. A elasticidade e a resistência à abrasão das borrachas, a resistência à tração das fibras e a flexibilidade e transparência dos filmes são também atribuídas ao grande tamanho das cadeias.
Mecanismos de polimerização. A reação química que dá origem aos polímeros chama-se polimerização e emgeral se diferencia em dois tipos: por condensação e por adição. Na polimerização por condensação, cada etapa do processo é acompanhada da formação de uma molécula de um composto simples, geralmente a água. Na polimerização por adição, os monômeros reagem para produzir um polímero sem formar subprodutos, de tal forma que o polímero conserve a mesma proporção de átomos da molécula original. Aspolimerizações por adição são normalmente conduzidas na presença de catalisadores, os quais, em certos casos, exercem controle sobre detalhes estruturais que têm efeitos importantes nas propriedades do polímero.
Exemplos de polímeros. As partes sólidas de todas as plantas se compõem de polímeros, que incluem a celulose (polissacarídeo), a lignina (uma complexa rede tridimensional de polímeros) e...
tracking img