Resenha do filme guerra de canudos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (299 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O filme "Guerra de Canudos" inicia em um momento muito crítico do sertão nordestino: fome, seca e miséria. E mais: ainda tinham que ser pagos impostos que eram consideradosverdadeiros absurdos pela população.
Como não tinham dinheiro para pagar os impostos estabelecidos pelo governo, este lhes tomavam qualquer bem que tinham. Na situação do filme, foramtomadas vacas que inclusive já haviam sido até vendidas.
Com tudo isso, surge a figura de Antônio Conselheiro, que promove missas e mostra uma fé diferenciada ao povo. O povo o chamavade pai e seus seguidores iam aumentando a medida que ele passava pelas cidades. Conquistava pessoas que estavam em busca de uma vida melhor, sem pobreza.Q
Chegando em um certoponto, estabeleceu que ali eles ficariam. E assim, de um modo informal fundou a comunidade de Belo Monte, tida por eles como uma cidade santa, onde não haveria bebidas alcoólicas,prostituição ou qualquer pecado.
O governo, preocupado, iniciou a chamada Guerra de Canudos, atacando a comunidade de Antônio Conselheiro. Atacaram três vezes sem resultados positivos. Noinício, os jagunços, como eram chamados, tinham poucas armas e estas não eram boas. Com o decorrer da guerra, foram pegando as armas e munições dos soldados mortos e o combate passoua ser de igual pra igual. Os jagunços não tinham medo de morrer, matavam e se preciso fosse, morriam por Antônio Conselheiro e por Belo Monte.
No quarto ataque, os soldados tinhammais reforços, e depois de seis meses de guerra e da morte de Antônio Conselheiro, a maioria do povo se rendeu e foi preso. Os que ainda resitiram foram eleiminados pelos soldados.O filme retrata o que realmente acontecia tanto dentro da comunidade como entre os soldados, mostrando a dureza, rigidez e crueldade dos coronéis, sargentos, tenentes e soldados.
tracking img