Resenha de psicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2299 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TRINDADE, Jorge. Manual de Psicologia Jurídica Para Operadores do Direito. 2. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2007.

Jorge Trindade foi graduado em Direito e Psicologia, Fundador da Escola Superior do Ministério Público, Coordenador do Curso de Especialização em Psicologia Jurídica, Presidente da Sociedade Brasileira de Psicologia Jurídica, Professor do Curso de Mestrado em Criminologiada Universidade de Aconcágua (Argentina). Trindade também já foi Promotor e Procurador de Justiça. Doutor em Psicologia (1998), e Livre-Docente (2000). Recebeu o Prêmio Henrique Bertaso (1994). Atualmente é Presidente da Sociedade Brasileira de Psicologia Jurídica (SBPJ) e Vice-Presidente da Associação Latino Americana de Magistrados e Operadores de Criança, Adolescência e Família. Autor dediversas obras, dentre elas:; Pedofilia: aspectos psicológicos e penais; Delinqüência Juvenil: uma abordagem transdisciplinar (3ª. Ed); Psicopatia: a máscara da Justiça e Psicologia Judiciária para a Carreira da Magistratura, e Manual de Psicologia Jurídica.
A psicologia é definida como o estudo cientifico do comportamento e dos processos mentais, sendo que comportamento são os atos de falar,caminhar, escrever, e outros. Já processos mentais são os sentimentos, as lembranças, os desejos, afetos, etc.
Jorge Trindade nos fala que a psicologia é dividida em diversas áreas, porém sua ciência psicológica é uma só, possuindo várias faces e se expressando através de diferentes linguagens. Entre essas diversas áreas podemos destacar a psicologia Clinica, a Psicologia Educacional, a PsicologiaJurídica, entre outras. Como podemos ver, a psicologia possui diversos ramos de atuação, porém seus objetivos têm uma mesma finalidade, mesmo que de forma diferente, que é entender o comportamento humano e reintroduzi-lo a sociedade.
Ainda segundo Jorge Trindade, se tratando de linhas teóricas e sistema de base, encontramos alguns tipos de psicologia, que são:
• Psicologia Psicanalítica: classicamenteassociada a Sigmund Freud [...]. Enfatiza o papel do inconsciente e as experiências infantis.¨
• Psicologia Experimental: ``examina os processos comportamentais enquanto aprendizagem, condicionamento, motivação, emoção, sensação e percepção em seres humanos e em animais.``
• Psicologia comportamental: ``seu principal objetivo é a observação do comportamento e dos efeitos que os estímulos e asrespostas podem causar sobre ele.``
• Psicologia Humanista e Existencial: ``busca relacionar o sentido da vida e os valores da pessoa com os aspectos emocionais da existência humana.
• Psicologia Gestáltica: privilegia o estudo da percepção, a noção de campo, sua organização e contexto.

DO DIREITO À PSICOLOGIA OU DA PSICOLOGIA DO DIREITO.
A psicologia jurídica ainda é uma disciplina emconstrução devido a recenticidade da psicologia e a impermeabilidade do direito. Isso porque a psicologia experimental é uma ciência muito recente, mesmo que já existisse há tempos atrás, ela era mais relacionada à sociologia e a filosofia, se limitando apenas a estudos, sem experimentações de métodos psicológicos. Sendo que esses métodos e a própria psicologia como ciência e profissão foiregulamentada apenas em 1962, pela lei. 4.119. Porém, por ser uma ciência ainda muito jovem apresenta muitos rostos, varias línguas e divergentes compreensões entre suas escolas. Já o direito por sua vez, dificulta um pouco mais essa disciplina devido a sua impermeabilidade característica, e muitas vezes dissociado do método cientifico, além de ser bem mais antigo, vindo das bases do direito de Roma, hámuito tempo atrás.
Porém, nos assegura Jorge Trindade, a psicologia e o direito possuem um destino em comum, que parece que obriga os dois a se encontrarem sem jamais se separar. Esse destino comum é que ambos tratam do comportamento humano, e visam a reintrodução dos excluídos, seja por infração ou diferença, de volta à sociedade, da qual não deveriam ser separados. Logo, é de fácil aceitação a...
tracking img