Resenha critica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1434 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha

(Vera Lúcia Oliveira de Aguiar)

Resenhar é descrever minuciosamente o conteúdo de uma obra, de um filme, de uma peça de teatro, etc. A resenha pode ser crítica (ou recensão crítica) ou descritiva (ou resenha-resumo).

A resenha crítica consiste na elaboração de um texto que, além de resumir o objeto de estudo, analisa criticamente seu conteúdo, apresentando pontos positivose negativos. Antes de proceder à avaliação, o resensor deve exibir o conteúdo, a forma como é apresentada e o objetivo da obra, para posteriormente opinar sobre a exposição, o método ou o estilo do autor, a disposição das partes. Tais procedimentos visam a facilitar o encadeamento de idéias que leva à emissão da opinião a respeito.

A resenha descritiva consiste em uma apresentaçãopormenorizada da obra, sem a emissão de opinião ou juízo de valor. O objetivo desse tipo de resenha é detalhar um determinado objeto com vistas à informação do leitor.

Geralmente, solicita-se do acadêmico uma resenha crítica pela abrangência que lhe é peculiar, bem como pela possibilidade de se analisar a competência argumentativa e lingüística do resensor. É importante, também, que se utilizefundamentação teórica para melhor sustentar as teses apresentadas e/ou defendidas na avaliação.
Composição de uma resenha crítica:
✓ Título: Como todo trabalho, a resenha também deve receber um título de acordo com o assunto a ser resenhado. A palavra resenha não é o título nem deve servir como tal. Ela indica apenas o tipo de atividade a ser desenvolvida a partir de determinada obra.
Veja otítulo que o autor Gilberto Scarton dá a sua resenha, no exemplo abaixo:
Um gramático contra a gramática

✓ Referência bibliográfica da obra: Os dados bibliográficos devem seguir, preferencialmente, as normas da ABNT.
Observe como o autor faz a referenciação à obra:
Língua e Liberdade: por uma nova concepção da língua materna e seu ensino (L&PM, 1995, 112 páginas) do gramáticoCelso Pedro Luft traz um conjunto de idéias que subverte a ordem estabelecida no ensino da língua materna, por combater, veemente, o ensino da gramática em sala de aula.
✓ Dados biográficos do autor da obra resenhada (quando houver necessidade): Quando o autor da obra possui outros trabalhos abordando a mesma temática, é importante que essas informações sejam acrescidas.
No exemplo abaixo,o autor faz alusão aos dados do autor da obra no corpo da resenha:
O velho pesquisador apaixonado pelos problemas da língua, teórico de espírito lúcido e de larga formação lingüística e professor de longa experiência [...]

✓ Apresentação sintética do assunto tratado na obra: Inicia-se apresentando o assunto da obra, de forma genérica, até chegar à tese do autor, a qual será o foco deinteresse. Aqui, é essencial que se evidencie o ponto de vista do autor, como forma de envolver o leitor, despertando-lhe o interesse pelo assunto. A exposição das idéias deve ser progressiva, relacionando os elementos – mesmo que secundários – que desencadeiam a argumentação do autor.
No caso em análise, o resensor apresenta o assunto geral da obra já no início de sua resenha, como um recursopara chamar a atenção do leitor para a leitura. Na seqüência ele apresenta o plano da obra:
[...] traz um conjunto de idéias que subverte a ordem estabelecida no ensino da língua materna, por combater, veemente, o ensino da gramática em sala de aula.

Nos 6 pequenos capítulos que integram a obra, o gramático bate, intencionalmente, sempre na mesma tecla - uma variação sobre omesmo tema: a maneira tradicional e errada de ensinar a língua materna, as noções falsas de língua e gramática, a obsessão gramaticalista, inutilidade do ensino da teoria gramatical, a visão distorcida de que se ensinar a língua é se ensinar a escrever certo, o esquecimento a que se relega a prática lingüística, a postura prescritiva, purista e alienada - tão comum nas "aulas de português"....
tracking img