Resenha critica o povo brasileiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2680 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHA CRÍTICA

RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro: a formação e o sentido do Brasil. 2. ed. São Paulo, Companhia das letras, 1999. 476 p.

 

|1 CREDENCIAIS DO AUTOR |
|Darcy Ribeiro nasceu em Minas (1922), no centro do Brasil. Formou-se em Antropologia em São Paulo (1946) e dedicouseus primeiros |
|anos de vida profissional ao estudo dos índios do Pantanal, do Brasil Central e da Amazônia. Neste período fundou o Museu do Índio |
|e criou o Parque Indígena do Xingu. Escreveu uma vasta obra etnográfica e de defesa da causa indígena. Viveu em vários países da |
|América Latina onde, conduzindo programas de reforma universitária, com base nas idéias que defende em Auniversidade necessária. |
|Foi assessor do presidente Salvador Allende, do Chile, e Velasco Alvarado, do Peru. Escreveu neste período os cinco volumes de seus|
|Estudos de Antropologia da Civilização (O processo civilizatorio, As Américas e a Civilização, O dilema da América Latina, Os |
|Brasileiros: 1. Teoria do Brasil, e Os índios e a Civilização). Neles propõe uma teoria explicativa dascausas do desenvolvimento |
|desigual dos povos americanos. Ainda no exílio, começou a escrever os romances Maíra e O mulo, e já no Brasil escreveu dois outros:|
|Utopia selvagem e Migo. Publicou Aos trancos e barrancos, que é um balanço crítico da história brasileira de 1900 a 1980. Publicou |
|também uma coletânea de ensaios insólitos: (Sobre o óbvio), e um balanço de sua vida intelectual:Testemunho. |
|2 RESUMO DA OBRA |
|O livro é constituído de cinco capítulos, e apresenta o povo brasileiro desde sua gestação. Apresenta a formação do povo brasileiro|
|ao longo dos séculos, uma tentativa de tornar compreensível como os brasileiros se vieramfazendo a si mesmos, para sermos o que |
|hoje somos. |
|No capitulo inicial é apresentada a ilha Brasil, que viria a ser o nosso país, constituído de povos tribais falando línguas do |
|mesmo tronco, dialetos de uma mesma língua. O que mudou total e racialmente o seu destinofoi a chegada de grupos alem –mar capaz |
|de atuar destrutivamente de múltiplas formas. Os povos lusitanos que tinham seu centro de decisões em Lisboa e também tinha outro |
|coordenador poderosíssimo que era a Igreja católica, que julgava, encarcerava e queimava vivo os mais ousados através do Santo |
|Oficio. Este complexo poderio português vinha sendo ativado pelas energiastransformadoras da revolução mercantil e também pela |
|nova tecnologia inclusive conjunto de canhões de guerras. A humanidade entrava em outras instancias de sua existência, na qual |
|extinguiram milhares de povos, com suas línguas e culturas próprias, para dar nascimento a macro etnias maiores, que jamais se viu.|
|Do encontro entre o índio e o europeu resultou no índio como mercadoria . Oíndio passou a ser depois do pau-brasil a principal |
|mercadoria de exportação, resultando na destruição das bases da vida social indígena e na negação de todos os seus valores. Os que |
|puderam fugiram do destino que lhes era oferecido, seja na cristandade ou na pecaminosidade colonial, porém a atração das |
|ferramentas e adornos os fazia voltar.|
|Em poucas décadas desapareceram as povoações indígenas , em seu lugar se instalou três tipos novos de povoações, os escravos |
|africanos dos engenhos e portos, os mamelucos disperso pelos vilarejos e sítios, o terceiro constituído pelos índios incorporados a|
|empresa colonial, como escravos de outros núcleos ou em aldeias....
tracking img