Resenha critica empreendedorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1196 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Disciplina: empreendedorismo
Professor: fabrício


















EMPREENDEDORES: HERÓIS OU SOBREVIVENTES






















Guanambi - BA

SETEMBRO 2009

Acadêmicos: Aleksander Rodrigues de Oliveira
Luciana Marney Nobre
Sergio Luiz de Lima

















EMPREENDEDORES: HERÓIS OUSOBREVIVENTES






Trabalho elaborado pelos acadêmicos Aleksander, Sergio e Luciana para disciplina de empreendedorismo ministrada pelo professor Fabrício com o intuito de obter maiores conhecimentos sobre o conteúdo em estudo para avaliação do 5º semestre.










Guanambi – BA

SETEMBRO 2009

A presente resenha crítica do artigoEmpreendedores: heróis ou sobreviventes; do VII SENE AD de Administração Geral; dos autores, Janis Elisa Ruppenthal e Tagli Dorval Mairesse Mallmann, tem como objetivo fazer uma análise sobre a atividade empreendedora no Brasil, tendo como enfoque quais as motivações para empreender e os motivos do fracasso de novas empresas.
No entanto, nesse artigo, destaca-se uma forma diferente, massensata, do que a habitual de se analisar, verificada em outros artigos, pois, se tem como desígnio principal, entender onde estão às lacunas na formação e nos recursos disponíveis aos nossos empreendedores, e na verdade, o que geralmente se vê em outras publicações, são as relações de casos de sucesso de novos empreendimentos.
Neste artigo, com apenas nove folhas, deparamos com umaapreciação das causas de fracassos de empresas, o que se torna bem eficaz, para se compreender a dinâmica das empresas por outro foco, ou seja, por suas dificuldades, e assim, ter como buscar de forma prática e favorável as características e habilidades necessárias ao sucesso, entendendo os dois lados da moeda (elevação/fracasso).
Além disso, o estudo mostra de forma bem simplificada, oempreendedorismo, dividindo-se em tópicos, que indicam: uma breve explanação do relatório anual da (GEM) que verifica informações sobre o tema; o desenvolvimento através dos aspectos históricos; apresentando também o ciclo de vida das organizações e o comportamento Empreendedor, a ligação com as causas de fracassos das novas empresas e toda correlação até seu desfecho com a conclusão.
De iníciodeparamos com a consideração de que o estudo do empreendedorismo e do comportamento empreendedor vem recebendo importante destaque cabe salientar também, o destaque que se faz com relação às informações contidas no relatório anual do Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2003, da qual verifica-se que o Brasil assume posição de destaque entre as nações com maior índice de empreendedores, surgindo umaquestão importante e integrante que chama atenção, que é a motivação que o empreendedor inicia seu empreendimento.
Convém relatar, que a motivação de mais da metade dos novos negócios, advém de necessidades de se gerar uma ocupação e não de uma identificação de oportunidade. Além disso, é feita a análise sobre o enfoque da motivação para a abertura de negócio, especificamente a necessidade de segerar uma ocupação, ficando o Brasil em primeiro lugar, cabendo aqui uma reflexão sobre o real perfil empreendedor do brasileiro, sendo que se destaca por ter uma ocupação, e não por uma identificação de oportunidade no empreendedorismo.
Destarte, que em seguimento ao artigo, se tem as definições e habilidades do empreendedor, trazendo de forma bem resumida à atividade empreendedora nodesenvolvimento econômico da humanidade, traçando-se através de diversos estudos, com análises de vários autores, dos tempos mais antigos até os dias atuais a definição e avaliação das habilidades e características que possuem os empreendedores.
Destacam-se também no artigo as fases do ciclo de vida das Organizações, da qual, são demonstradas com essa teoria desenvolvida pelo autor...
tracking img