Resenha critica de lenin e as invasões bárbaras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4711 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
As Invasões Bárbaras e Adeus, Lênin! A (des)construção do sonho no cinema atual
Gisela G. S. Castro Doutora em Comunicação e Cultura (ECO/UFRJ), pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Comunicação e Práticas de Consumo ESPM-SP. Email: gcastro@espm.br

Tendo chegado quase que simultaneamente às telas brasileiras e recémlançados em DVD, As Invasões Bárbaras1 e Adeus, Lênin! 2 tematizam de maneirasbastante distintas as transformações experimentadas com a queda do muro de Berlim, o desmantelamento da União Soviética e a ascensão hegemônica do capitalismo globalizado. Os filmes têm ainda em comum o fato de trazerem como protagonistas filhos lidando com seus respectivos pai e mãe gravemente enfermos. A presença das duas gerações marca metaforicamente a passagem de um estágio a outro dahistória recente.

Lançamento Imagem Filmes

crítica
1. AS INVASÕES bárbaras (Les Invasions Barbares). Direção: Denys Arcand. Canadá, 2003. 1 DVD (99 min.). 2. ADEUS, Lênin! (Good­ bye, Lenin!). Direção: Wolf­ gang Becker. Alemanha, 2003. 1 DVD (118 min).

343

comunicação

& educação

• Ano

X

• Número

3

• set/dez 2005

A pertinência dessa temática na cultura contemporânea e arelativa escassez de obras cinematográficas a respeito me levam a tomar os dois filmes em conjunto. Ao tecer comparações entre uma e outra obra, pretendo analisar diferentes abordagens da experiência cultural em questão. Sucesso de bilheteria, vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro em 2004, além de premiado em Cannes (melhor atriz/2003, Marie-Josée Croze), o filme canadense retrata em tomniilista um mundo em que a cultura parece não fazer mais sentido. Já o filme alemão, erroneamente rotulado como comédia ligeira, oferece um tocante relato sobre os acontecimentos que marcaram o fim da República Democrática Alemã, narrado com leveza através de uma fábula metafórica. Os filmes divergem radicalmente quanto ao tratamento dado aos personagens e às referências históricas. Examinando commais detalhe cada obra, espero poder justificar minha posição a respeito.

AS INVASÕES BÁRBARAS
Arcand reúne em As Invasões Bárbaras o elenco de seu filme anterior, O Declínio do Império Americano 3 , para retratar em tom híbrido, que mescla o ficcional e o documental, o percurso final de Rémy, agora como paciente terminal de câncer, e os diversos enfrentamentos com a morte que tal situaçãoorigina. O filme, bastante narrativo e linear, tem como drama central a problemática relação entre esse intelectual à beira da morte e seu jovem filho, um bemsucedido operador do mercado financeiro internacional. No pano de fundo, o ocaso do sonho libertário de esquerda e a hegemonia neoliberal. Ao longo da trama, vemos o filho, Sébastien, utilizar um aporte aparentemente inesgotável de recursosfinanceiros para sustentar o que seriam algumas das ilusões de seu pai, tais como o companheirismo, seu próprio valor acadêmico, a cultura como valor. São discutidos por Rémy e seus amigos os ideais, valores e crenças que balizaram suas vidas, revistos agora com explícito cinismo. Os personagens são tratados como uma caricatura bufa de uma geração, talvez para indicar que a discussão entre eles,narrada apenas através do viés pragmático, acrítico e apolítico do personagem Sébastien, reduz-se àquelas meras lembranças dos arroubos de uma juventude inconseqüente e leviana. O filme questiona uma série de valores que foram bandeiras da geração de 1968: a amizade (não fica claro se os antigos amigos acabam sendo “comprados” para se reunirem com Rémy em seus derradeiros dias), a liberação sexual(aqui sinônimo de promiscuidade e vulgaridade), o movimento sindical e a socialização das instituições, em particular a medicina socializada (retratados como inerentemente corruptos ou ao menos corruptíveis; máfias que só funcionam mediante fartas doses de propinas), o propósito da religião (como, por exemplo, no jogo de cenas em que a Igreja Católica é retratada decadente por meio da figura de um...
tracking img