Resenha critica - como nasce o direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3848 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA
CURSO DE DIREITO






ANTONIO MACIEL AGUIAR FILHO
BRUNNA DOS REIS CAJANGO
DOLORES MARTINS TEIXEIRA et. al.









ANÁLISE CRÍTICA:
COMO NASCE O DIREITO; CARTA DA TERRA























Goiânia
2012
ANTONIO MACIEL AGUIAR FILHO
BRUNNA DOS REIS CAJANGO
DOLORES MARTINS TEIXEIRA
HUDSON MAGNO AYRES LOPES
RAÍSSADA SILVA RODRIGUES
RAQUEL RIBEIRO ALMEIDA
RAYANY CARVALHO CRUZ
VINÍCIUS GALINDO













ANÁLISE CRÍTICA:
COMO NASCE O DIREITO; CARTA DA TERRA



Trabalho apresentado à Disciplina de Introdução ao Pensamento Filosófico do Curso de Direito, requisito imprescindível as exigências para obtenção de nota de VT, pela Universidade Salgado deOliveira.




Orientador: Profº.: Sebastião Adilson D. Brandão.










Goiânia
2012
ANÁLISE CRÍTICA:
COMO NASCE O DIREITO; CARTA DA TERRA


Por


Antonio Maciel Aguiar Filho
Brunna dos Reis Cajango
Dolores Martins Teixeira
Hudson Magno Ayres Lopes
Raíssa da Silva Rodrigues
Raquel Ribeiro Almeida
Rayany Carvalho Cruz
Vinícius GalindoFOLHA DE APROVAÇÃO


Trabalho apresentado em cumprimento das exigências da Disciplina Ciência Política do Curso de Direito.


Avaliado em ___ / ___ / 2012




Nota obtida: _________




| |
||
| |
| |
||



_________________________________
Orientador

SUMÁRIO



INTRODUÇÃO 4

1 ANÁLISE CRITÍCA: COMO NASCE O DIREITO 5

2 ANÁLISE CRITÍCA: CARTA DA TERRA 12

CONCLUSÃO 14

BIBLIOGRAFIA 15INTRODUÇÃO





Pode-se dizer que o direito nasce de três institutos econômicos: a guerra, a propriedade e o contrato. Entenda-se como atos econômicos, aqueles que são o caminho para o homem satisfazer suas necessidades. A questão é que o homem nunca está satisfeito, quanto mais tem, mais quer ter, pode-se dizer, que daí surgem as guerras. Devemoscompreender que o conceito de guerra depende do conceito da propriedade. Temos como lema da economia: “O homem, para o homem, é o lobo”, ou seja, em vez de deixarmos que cada um tenha o que conseguiu alcançar, nos vemos tentando a arrebatar.
A guerra seria então essa invasão de domínio da propriedade alheia, ela antes de se travar entre povos, se trava entre indivíduos. O que pode colocar fima guerra é o contrato, que tem como princípio a paz, porém o contrato não pode garanti-la, afinal, o que se entende por paz seria na verdade uma trégua, acreditando-se que quando um dos lados se sentir em posição superior ao outro, voltaria a se acender a disputa. Concluímos então que a economia não é suficiente para estabelecer a ordem entre os indivíduos, ou para satisfazer a suas necessidades,bem como as da sociedade.































1 ANÁLISE CRITÍCA: COMO NASCE O DIREITO





Direito é um conjunto de leis que regula a conduta dos homens enquanto os juristas são operadores do direito, são aqueles que fabricam o direito. Entretanto nem todos os operadores de direito são pessoas qualificadas pois, as leis se fazem nos...
tracking img