Resenha crítica sobre sexualidade

 SEXUALIDADE

VanessaRibeiro

Os autores ao falar da sexualidade no âmbito da psicologia apresentam as dificuldades para se desenvolver esse tema, que é a ligação direta ao aspecto biológico. “Talvez porque aexperiência da sexualidade pareça tão intimamente conectada ao corpo e a existência biológica, tornando fácil relegar esses estudos aos domínios das ciências biológicas.” E também a falta de diferenciação,por uma maioria, entre sexo e gênero. Quando falamos em sexo nos referimos diretamente ao que diferencia, em aspectos físicos, o macho e a fêmea da espécie humana. Já no gênero se baseia a partir dasidéias criadas sobre o que é um homem e o que é uma mulher. Os autores pontuam também a importância da sexualidade no desenvolvimento e na vida psíquica das pessoas. “independentemente dapotencialidade reprodutiva relaciona-se com a busca do prazer-necessidade. A sexualidade é entendida como algo inerente que se manifesta desde o momento do nascimento até a morte.” Com isso afirmam sentido àproposta de uma orientação sexual que considera a sexualidade nas suas dimensões biológicas, psíquica e sociocultural. Ao falar sobre a adolescência retratam um adolescente angustiado e culposo porquese comporta ou tem anseios diferentes do que os pais recomendam em ralação ao sexo. O grupo finaliza com um trabalho experimental com cem alunos das escolas municipais na faixa etária de 12 a 18 anos.“62% disseram que os pais jamais falaram com eles sobre as mudanças ocorridas no seu corpo durante a puberdade e os outros 38% disseram terem obtidos essas informações com os irmãos mais velhos,amigos e namorados. Na questão sexualidade inicialmente 53% dos alunos confundia sexo e sexualidade, para eles tinham o mesmo significado, 32% disseram ser “coisa própria da pessoa”, 7 % disseram não...