RESENHA CRÍTICA – Para Uma Nova Administração Pública no Brasil



Universidade Federal de Viçosa
Departamento de Letras e Artes
Secretariado Executivo Trilíngue

Assessoria Parlamentar e Gestão Pública – SEC 331


Isabela Santos Bertoli - 72190RESENHA CRÍTICA – Para Uma Nova Administração Pública no Brasil



Viçosa
2012
Resenha Crítica: Para Uma Nova Administração Pública no Brasil

Após ver o país passar por tantas crises, aReforma do Estado passou a ser uma questão central altamente discutida por políticos, economistas e sociólogos. Ana Paula Paes de Paula, em seu livro “Por uma nova gestão pública”, analisa as bases da novaadministração pública, estudando seus antecedentes, para mostrar como tudo se proferiu para originar o novo modelo de gestão. Nesta resenha, analisarei o capítulo 6 desta obra.
Ana Paula inicia otexto analisando as raízes da nova administração pública brasileira, tomando por base todo o conjunto de fatores que favoreceram levar Fernando Henrique Cardoso ao poder, mandato que consolidaria onovo modelo de gestão. Para tanto, a autora foca nos ideais de Luiz Carlos Bresser Pereira, fazendo uma análise dos seus posicionamentos frente à visão da reforma administrativa brasileira.
Ao analisara aliança social-liberal, formada pelos partidos PSDB, PFL, PTB e PMDB, Bresser afirma que esta procurou estabilizar a economia do país, abrindo espaço para se aplicar a reforma gerencial,correspondendo com as expectativas da aliança. Com a consolidação da aliança no governo de FHC, o presidente adota um vínculo entre a teoria do desenvolvimento dependente e associado e seus ideais de reforma,originando uma “novíssima dependência”, que pretendia abrir o mercado brasileiro e atrair investimentos externos.
Ao examinar as colocações de Bresser sobre a abordagem da crise fiscal, Ana Paulaquestiona o fato de as adaptações do primeiro autor não serem suficientes para promover soluções diferentes para a crise fiscal, sendo um conceito elaborado em meio a uma visão ainda neoconservadora...
tracking img