Resenha cidade de deus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (550 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHA CRÍTICA DO FILME “CIDADE DE DEUS.”

CRÍTICA: CIDADE DE DEUS – O filme “Cidade de Deus” (2002). Análise de alguns aspectos da obra de Fernando Meirelles, elaboração de um pequeno esboçosobre as duas principais tramas do filme: em primeiro plano, Cidade de Deus conta a trajetória de Dadinho (Douglas Silva), um pequeno e sanguinário bandido da favela que, após receber o nome de Zé pequeno(Leandro Firmino da Hora) em um terreiro de candomblé, se envolve plenamente com o tráfico e a violência. O filme também mostra o percurso de Buscapé (Alexandre Rodrigues), que cresceu num ambientebastante violento. Apesar de “o mundo estar contra ele”, descobre que pode ver a vida com outros olhos, os de um artista. Acidentalmente, torna-se um fotógrafo profissional, e liberta-se.

Opersonagem Buscapé, jovem, fotógrafo do Jornal do Brasil, morador da favela Cidade de Deus, narra a evolução desta favela do Rio de Janeiro, através da trajetória de Dadinho, depois Zé Pequeno e seuscomparsas. Das origens das décadas de 1960, com o surgimento da primeira gang de assaltantes, até no princípio dos anos de 1980, onde o grande negócio é boca de fumo de narcotráfico, acompanhamos odesenvolvimento dos marginais da favela Cidade de Deus. No ponto de vista de Meirelles, crianças e jovens marginais são bandidos quase por natureza, jogados no mundo e destinados a morte (observa-se apersonalidade cruel e malvado de Zé Pequeno, desde criança). Por outro lado é visível a ausência do Estado político, que só aparece para reprimir. Apesar de estar num município do Rio de Janeiro, a favelaCidade de Deus é, em si, um pequeno mundo de selvageria, mergulhado num estado de natureza. É claro que é local de moradia de trabalhadores pobres da cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, Mane Galinhaera cobrador de ônibus. Mas o que o filme nos mostra é um universo infernal assolado pela pobreza. Por outro lado, é perceptível a resistência cultural ainda que bastante precárias, (por exemplo, no...
tracking img