Resenha administração pública burocrática e gerencial

Páginas: 6 (1394 palavras) Publicado: 24 de maio de 2011
RESENHA
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BUROCRÁTICA E GERENCIAL

1. Identificação
• Luiz Carlos Bresser Pereira – 7ª Ed., Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

2. Introdução
A idéia de uma administração pública gerencial no Brasil teve início a partir da primeira reforma administrativa nos anos 30, também chamada de reforma burocrática e, estava na origem da segunda reforma ocorrida em 1967, que foiuma tentativa de descentralização e de desburocratização. A terceira, iniciada em 1995, no governo de Fernando Henrique Cardoso, que se apóia na proposta de uma administração pública gerencial como resposta à grande crise dos anos 80 e à globalização da economia, uma vez que um de seus mais importantes papéis, entre outros, é de tornar a economia nacional mais competitiva internacionalmente.

3.Histórico do Conteúdo
A crise da administração pública burocrática aconteceu no regime militar, em função da prática de contratações, sem concurso, de altos administradores oriundos das estatais, inviabilizando o fortalecimento da burocracia civil que a reforma de 1936 propunha. O nepotismo, o empreguismo e a própria corrupção, eram a norma, sistema este incompatível com o capitalismo industriale com a democracia.
A primeira tentativa de reforma gerencial na administração pública aconteceu em 1967, por meio de Amaral Peixoto e Hélio Beltrão, que mais tarde viria a ser ministro da desburocratização. Em 1979 Beltrão lançou o Programa Nacional de Desburocratização, por meio do Decreto-lei nº 200, que promoveu a transferência das atividades de bens e serviços, em autarquias, fundações,empresas públicas e sociedades de economia mista. Entretanto, o Decreto-lei não teve êxito, por duas razões: por um lado, não realizou concursos e deixou de desenvolver carreiras de altos administradores; por outro, não se preocupava com eficazes mudanças no âmbito da administração. Dessa maneira, as reformas embutidas no referido Decreto, ficaram pela metade e fracassaram. Neste período, o Brasilviveu um momento de estagnação da renda per capita e de alto nível de inflação, sem precedentes na história.
A eleição de Tancredo Neves e posse de José Sarney em 1985, não apresentou perspectivas de melhora no aparelhamento do estado. Ao contrário, o plano administrativo adotado, voltava aos ideais burocráticos dos anos 30 e, o plano político uma tentativa de volta ao populismo dos anos 50.Mantiveram-se os moldes de substituição de importações, aumentaram-se os salários e os gastos públicos. O resultado foi o desastre do Plano Cruzado.
A Constituição de 1988 ignorou completamente as novas orientações da administração pública, focalizando uma administração altamente centralizada, hierárquica e rígida, onde a prioridade era a administração direta, e não a indireta. Opostamente ao seuespírito burocrático legal, a Constituição permitiu que uma série de privilégios fossem consolidados. Um dos mais graves foi estabelecer um sistema de aposentadoria com remuneração integral, independente do tempo de serviço prestado ao estado. Esse, e tantos outros fatos, contribuíram para o desprestígio da administração pública brasileira.
Contraditoriamente, o maior avanço perceptível no âmbito daeconomia e do estado, bem como a abertura comercial, seria verificado no governo Collor, ocasião em que, as reformas econômicas e o ajuste fiscal, ganharam maior impulso. É neste governo inconseqüente que ocorreria a mais bem sucedida reforma, onde as privatizações ganhariam maior impulso e o ajuste fiscal avançaria substancialmente. Entretanto na área da administração pública foi totalmenteequivocado.

4. Carreiras
O documento da Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (1994:7-8), que reúne os gestores governamentais públicos, afirmava: “O verdadeiro problema é a pesada herança de um processo de recrutamento e alocação de quadros marcados simultaneamente por falta de critérios, clientelismo e heterogeneidade na sua constituição”, muito bem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BUROCRÁTICA À GERENCIAL
  • Administração Pública (Burocrática à Gerencial)
  • as formas de administração publica ( patrimonial burocratica e gerencial de bresser
  • Administração patrimonial, burocratica e gerencial
  • Administração patrimonial, burocrática, e gerencial
  • RESUMO TEXTO “DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BUROCRÁTICA À GERENCIAL “Luiz Carlos Bresser Pereira
  • Administração pública burocrática
  • Administração Pública Burocrática

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!