Resenha''a ordem do discurso''

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (601 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha ‘‘A ORDEM DO DISCURSO’’


O livro em foco é uma pequena obra, onde Michael Foucault relata suas principais reflexões e pesquisas sobre os diversos discursos encontrados em umasociedade ou em um grupo social específico e a forma como exercem funções de controle, limitação e validação das regras de poder desta mesma sociedade.
"... suponho que em toda sociedade a produção dodiscurso é ao mesmo tempo controlada, selecionada, organizada e redistribuída por certo número de procedimentos que tem por função conjurar seus poderes, dominar seu conhecimento aleatório [...]"No livro, o autor mostra que existem diversos procedimentos de repressão do discurso. O primeiro deles é a interdição que é um recurso que limita o discurso, ou seja, existem tabus para odiscurso. Visto que nem tudo pode ser dito por qualquer pessoa,em qualquer lugar ou circunstância.A ordem do discurso é conceituado como uma rede de signos que se conecta a outras tantas redes de outrosdiscursos, ou seja, não o que se fala apenas, mas quem fala, quando fala, para que fala e de onde fala.
Outro princípio de exclusão é a separação e a rejeição. Para explicar esse procedimento oautor aborda a oposição entre razão e loucura existente na Idade Média.Exemplificando a partir do discurso do louco que é considerado inválido para a sociedade porque não atende as exigências sociais,ouseja, o discurso é um sistema que estabelece e reproduz não significados esperados no interior do próprio discurso, mas sim valores desta sociedade que devem ser perpetuados.
O terceiro elementode sua abordagem dos meios de controle do discurso é o comentário e defende que "o comentário conjura o acaso do discurso fazendo-lhe sua parte: permite-lhe dizer algo além do texto mesmo, mas com acondição de que o texto mesmo seja dito e de certo modo realizado".
Outro elemento que limita internamente o discurso é o autor, esse é visto como origem das significações...
tracking img