Republica romana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2585 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A REPÚBLICA ROMANA: FORMAÇÃO, EXPANSÃO E GUERRAS CIVIS.

Monarquia Rex
753/509 a.C.: Formação da cidade estado (influencias culturais dos etruscos e gregos.
República (Magistraturas e Senados)
509/146 a.C.: República aristocráticas (lutas entre patrícios e plebeus; expansão imperialista).
146/27 a.C.: república Plutocrática (Domínio Militar da Bacia Mediterrânica e crises interno sociaisMilitar e Política)
Império (autocracia imperial)
27 a.C/192 d.C.: Principado (Império Mercantil Escravista; processo cultural de romanização)
192/476 d.C.; Decadência (crises internas, orientalizacão e invasões bárbaras externas)
Formas de governo: Monarquia (753/509 a.C.), República, Principado e Imperium.
CARACTERÍSTICAS DO PERÍODO DA REALEZA ROMANA:
-controle dos poderes de governopelo rei, assessorado pelo estado, órgão de consulta composto de patrícios;
-sociedade formada de duas classes; os patrícios (aristocracia rural) e os plebeus (pequenos agricultores, artesãos, etc);
-família base patriarcal, composta de pessoas que professavam o culto aos mesmos deuses-lares;
-vida econômica com base na agropecuária: trigo, azeite, criação de gado.
PRIMEIROS REIS ROMANOS:Latinos e Sabinos: Rômulo, Numa Pompílio, Túlio Hostílio, Anco Márcio.
Etruscos: Tarquínio Prisco, Sérvio Túlio, Tarquínio Soberbo.
MUDANÇAS NA REPÚBLICA:
Cargos rotativos no poder: 2 cônsules e magistrados, comícios = 1 ano de poder
Nascimento da plebe;
-criação de símbolos novos: fascio, cadeira curul;
-imperialismo predatório;
-construção de estradas;
-busca do bem comum; -laicaASSEMBLÉIAS

Monarquia
Assembléias de tribos. Em cada tribo há duas cúrias com seus culto e festas religiosas.

República
Comíssios e curiatos = religiosos
Comíssios e centuriatos = fortuna
Comíssios tributos = divisões territoriais
LEIS DAS DOZE TÁBUAS
-Carta de fundação do direito civil;
-Títio Lívio: lei das doze tábuas (450 a.C)
Títio Lívio (59 a.C./17d.C): comissão vai a Atenas copiar leisde Sólon??
Fonte de todo direito público e privado;
Leis profanas = planejamento racional do comportamento humano

MAGISTRADOS

Questor – Séc. VI 2 III 8 com Júlio César: 40 – 1 ano – 28 anos – finanças, tesouro e pagamento do exército e marinha;
Edil – 4 = 2 plebeus/2 curuis – 1 ano – cadeira curial – 31 anos – supervisão dos mercados, guarda de arquivos/ polícia abastecimento de jogos;Pretor – 2 – 1 ano – lictor (símbolo do império) com fascio cadeira curial – 34 anos – questões de justiça, o urbano com os romanos e o peregrino entre eles e os estrangeiros. Podem substituir os cônsules.
Consul – - 1 ano – lictor com fascio cadeira curial – 37 anos – herdeiros dos reis, chefes do governo e do exercito, convocam o senado.
Censor – 2 – cadeira curial 4 – recenseamento depessoas e fortunas, estabelecem o número e surpevisionam a moralidade pública.

A ORGANIZAÇÃO POLÍTICA DA REPÚBLICA ARISTOCRÁTIC ROMANA

Senado (assembleia aristocrática) – PATRÍCIOS – Magistraturas cônsules, pretores, censores, edis e questores.
CLIENTES
PLEBEUS – assembléia da plebe – tribunos da plebe

Assembléia das cúrias(curiata)
Assembléia das centúrias (centuriata) exército

COMANDO ERA DO SPQR – SENATUS POPULUSQUE ROMANUS
FAMÍLIAS TRADICIONAIS (NOBLITAS)

GUERRAS PÚNICAS:
1° (264-241)
Pivo – Messina, Vitória de Roma
(240-219) conquista toda Itália
2° (218-201 a.C.)
Anibal – passa Espanha, Pirineus, Alpes
Ameaça Roma – reação: Cipião africano
3° (172-146 a.C.)
Catão ‘delenda Cartago’ mortício eincêndio!
Cipião Emiliano volta a Roma e manda matar os cunhados Gracos

EQUESTRES:
-cidadãos romanos com condições de servir no exército romano como cavaleiros
-inferiores aos senadores (optimates) e superiores à dos plebeus (populares).

FRACASSO DOS CÔNSULES
1)Ager Publics-
Tibério Graco / 133
Caio Graco/ 132
2)Cidadania – 91 reclamação dos italianos
3)Ambição Política
Partido...
tracking img