Replica- divorcio litigioso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (516 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA DE FAMÍLIA DA COMARCA DE ---------- – ES,






Ref. Processo nº.


Fulana de Tal, Já qualificada nos autos da ação em epígrafe, vematravés de sua advogada que a esta subscreve Drª. ----, devidamente inscrita na OAB ----, com endereço profissional na -------, apresentar a presente:

RÉPLICA

Em face da contestação apresentadapelo requerido ------, já devidamente qualificado nos autos, aduzindo para tanto o que segue:

I – DOS FATOS:

No que tange o narrado na contestação, alega o Requerido, inúmeras vezes, aagressividade da Requerente a barreira que a mesma impôs entre o casal, o que causou a separação.

Ora Excelência, ocorreu o contrário, pois o Requerido se mostrou ser tão rude e violento que a autora,pensando em sua segurança e na de seus filhos, se viu obrigada a requerer medida protetiva em março de 2011, conforme se faz prova através dos documentos de fls. 19/21 que instruíram a inicial.

II – DODIREITO

Uma vez que o Requerido manifestou-se positivamente quanto à permanência da guarda do filho do casal com a autora, esta concorda parcialmente com a proposta de visitação ofertada emContestação, tendo a opor apenas quanto ao período de férias escolares, requerendo que seja diminuído para 1 (uma) semana no mês de Janeiro, vez que o menor é muito dependente de sua mãe.

No tocante apartilha dos bens, o Requerido aduz ter construído, com esforços únicos e próprios, a residência em que reside a Requerente. Porém, a verdade é que a propriedade e a casa que nela já estava edificada,é objeto de doação dos pais da autora, conforme se comprova através do contrato particular de doação às fls. 20 dos autos.

Insta ressaltar, que o bem foi adquirido em momento anterior ao enlacematrimonial que ainda se fez em regime de comunhão parcial de bens, ou seja, mesmo que o bemestivesse sido adquirido na constância do casamento, este não seria passível de partilha, como explicito no...
tracking img