Renner

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1203 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
São Paulo – Os jovens de classe média brasileiros entraram de vez nos planos de conquista da Renner, a rede de vestuário que conta com centenas de lojas pelo país. A companhia planeja investir cerca de 450 milhões de reais na abertura de até 30 lojas da marca BlueSteel em 2014 que, a partir de junho deste ano, passará a se chamar Youcom. Até 2021, 400 lojas da marca devem ser abertas em todo opaís.
O novo conceito, baseado em lojas menores com produtos voltados para jovens de classe média, já vinha sendo testado pela companhia desde 2011. A marca Blue Steel já operava como piloto em quatro unidades abertas desde 2011 nas capitais de São Paulo, Minas Gerais e Porto Alegre, e vinha dando bons resultados. 
Mesmo com pouca divulgação, feita apenas em blogs e redes sociais, o negócio BlueSteel gerou uma receita líquida de 6,6 milhões de reais em 2012, um crescimento de 154,2% sobre os resultados do ano anterior. As lojas também apresentaram uma margem bruta alta em relação aos demais negócios da companhia, com as marcas Renner e Camicado: 58,3%. 
Time separado
“Sabemos que as cadeias de varejo de roupas não chamam tanta atenção de jovens e é esse público que queremos conquistarcom a nova marca”, disse José Galló, presidente da companhia na teleconferência com analistas hoje. Com a nova marca, a varejista pode ainda conquistar uma margem maior com a venda de produtos e aumentar o tíquete médio em comparação ao da Renner, hoje 158 reais.
A ideia agora é expandir o número de lojas para 10, abertas apenas em shoppings da capital paulista. Em junho, a marca Blue Steel serátransformada em uma nova marca, a Youcom, que contará com um trabalho de lançamento melhor desenhado. 
As novas lojas terão metragem média entre 120 a 150 metros quadrados e por isso um custo bem menor de manutenção e investimento inicial comparado ao das grandes lojas da cadeia de roupas. Por enquanto, as lojas serão próprias, mas a idéia é analisar a possibilidade de abertura de franquias nospróximos anos. 
“Hoje, temos hoje um time de estilo e compra totalmente separado da Renner voltado para trabalhar apenas para esse novo ramo de negócio e a ideia é fazer que ele, com o tempo, ganhe maior representatividade no grupo”, disse Galló. 

Por que C&A, Riachuelo e Pernambucanas dominam o mercado de cartões de lojas?
Redes são as líderes no Brasil, que é o segundo maior mercado deprivate label no mundo
Loja da C&A: os consumidores das classes C e D são muito mais ligados aos varejistas do que aos bancos, segundo o consultor Álvaro Musa
São Paulo – O Brasil tem em circulação três vezes mais cartões de lojas (o chamado private label) que toda a Europa Ocidental. Na verdade, só perdemos para os Estados Unidos, que possuiu quase o dobro do número de cartões do Brasil. São206 milhões de cartões no Brasil e mais de 400 milhões nos Estados Unidos. As lojas que tem liderado no Brasil são C&A, Riachuelo e Casas Pernambucanas, segundo dados da Euromonitor de 2010. Classe c, roupas e antiguidade na oferta dos cartões ajudam a explicar o fenômeno.
No Brasil, o cartão de loja é até anterior aos cartões de bancos. “Nas décadas de 60 e 70 já havia. Era uma maneira de osvarejistas darem crédito ao cliente”, disse Boanerges Ramos Freire, presidente da consultoria em varejo financeiro Boanerges & Cia. A atuação da Riachuelo e da Casas Pernambucanas no segmento remete a essa época. As redes possuíam, em 2010, respectivamente, 9,7 milhões de cartões e 8,8 milhões de cartões. A líder, C&A, soma 11,9 milhões de cartões.
Além do tempo no mercado, outro fator queexplica o destaque da C&A, Riachuelo e Casas Pernambucanas é o foco na atividade de varejo financeiro. A C&A já teve o banco ibi, comprado pelo Bradesco em 2009. Riachuelo e Casas Pernambucanas contam com financeiras próprias. “O varejo tem sua peculiaridade de operação e exige, muitas vezes, ações mais ágeis e rápidas. Estando tudo dentro de casa, há mais agilidade e flexibilidade”,...
tracking img