Renata

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3371 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
20 - PERSPECTIVAS
INTERNACIONAL

PARA

O

AÇÚCAR

BRASILEIRO

NO

MERCADO

PATINO, M. T. O; PRATES, G; PIMENTEL, C. R., MARASSIA D. C.C.

AUTORES :
Prof. Dr. Marco Tulio Ospina Patino - btospina@terra.com.br
Profa. Dra. Glaúcia A Prates – gprates@hotmail.com
Profa. Dra. Rosalinda Chedian Pimentel – chedian@netsite.com.br
Profa. Dra. Daniela Carnio Costa Marassia –danicarnio@uol.com.br
INSTITUIÇÃO:
UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO - UNAERP. CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
ÁREA TEMÁTICA
OPORTUNIDADES PARA EMPRESAS BRASILEIRAS
Palavras Chaves: : exportação, açúcar, barreiras comerciais.

PERSPECTIVAS PARA O AÇÚCAR BRASILEIRO NO MERCADO INTERNACIONAL
Resumo
O Brasil é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar e do açúcar de cana, mas sofre sériasrestrições comerciais no mercado norte-americano e em outros países. A política adotada pelo
governo norte-americano para a produção de açúcar mantém artificialmente elevados os preços
internos do produto, incentivando a produção doméstica e reduzindo as compras no mercado
internacional. A posição de protesto adotada pelos consumidores norte-americanos contra o atual
programa do açúcar pode contribuirpara as aspirações brasileiras de uma maior abertura nesse
mercado. Este trabalho teve como objetivo analisar a situação do açúcar brasileiro no mercado
internacional e propor uma estratégia que permita melhorar seu posicionamento nesse mercado. A
análise levou em conta a estrutura e situação atual do mercado internacional do açúcar e as
projeções de preços e de mercado. A estratégia decomercialização para o açúcar brasileiro está
baseada em três aspectos. O primeiro com a participação conjunta do governo e o setor privado
consistiria em acionar os mecanismos de defesa comercial na OMC, a segunda visando redução de
custos de produção nas empresas produtoras e a terceira com o objetivo de aumentar a qualidade e
diferenciação dos produtos e subprodutos da cana-de-açúcar.
Palavraschave : exportação, açúcar, barreiras comerciais

1- Introdução
O Brasil é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar e do açúcar de cana, mas sofre sérias
restrições comerciais no mercado norte-americano para a comercialização desse produto.
Naturalmente, mudanças na atual estrutura e características do mercado possibilitariam maior
participação brasileira nesse mercado.
A políticaadotada pelo governo norte-americano para a produção do açúcar mantém
artificialmente elevados os preços internos do produto, incentivando a produção doméstica e
reduzindo as compras no mercado internacional. A posição de crítica adotada pelos consumidores
norte-americanos contra o atual programa do açúcar, talvez pode contribuir no futuro para as
aspirações brasileiras de maior abertura dessemercado.
Os Estados Unidos mantém quatro tipos de instrumento de política governamental para o
mercado de açúcar, os quais estão relacionados ao suporte de preços internos, mantido pelo
Programa de Empréstimo (loan program), sistemas de quotas tarifárias de importações (TRQ),
programa de re-exportação de açúcar refinado e também mecanismos de preços mínimos de suporte
para beterraba ecana-de-açúcar.
Este artigo visa dar uma visão global do mercado mundial de açúcar e propor uma estratégia
que podem ser usadas pelo governo e as indústrias brasileiras, para alcançar um melhor
posicionamento comercial do açúcar brasileiro nos mercados externos.

2- Características do Mercado de Açúcar
2.1 Projeção de Preços
O preço do açúcar no mercado internacional é determinado pelas bolsasinternacionais, pois
esse produto é uma commodity. O açúcar refinado é negociado pela bolsa de Londres através do
contrato n 5, e o açúcar bruto é negociado através do contrato n 11 de Nova York, portanto, a
variável preço é determinada pelo mercado internacional, gerando assim pouca gestão de negócio.
A projeção de preços para o açúcar demerara é de que os preços mundiais situem-se em US$
7...
tracking img