Reletorio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1467 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

RELATÓRIO FINAL

MANAUS-AM
2012

INDENTIFICAÇÃO

Nome do Estagiário:
Endereço
Telefone:
Nível do Estágio Supervisionado: 7° Período
Local de Estágio:
Nome do Supervisor (a) Acadêmico (a): Nome do Supervisor (a) de Campo:
Carga Horária: 100 horas Início: 13/03/2012 Término: 31/05/2012APRESENTAÇÃO

O estágio Supervisionado II, foi realizado na Maternidade Alvorada , que está localizada na rua mario ypiranga nº 1581, Alvorada 1 em Manaus- Am, Região Norte , seu horário de funcionamento é 24 horas.
Para conhecer a estrutura institucional e seu funcionamento, foi necessário o acompanhamento da supervisora de campo nesta visita.
No mas, em roda deconversa, e nos Alcons, realizamos orientações as pacientes e seus acompanhantes sobre a lei do acompanhante, Lei 11.108, distribuímos folders informativos.
Já na efetivação do trabalho prestado, foram utilizados instrumentais básicos pelo Serviço Social que são: entrevistas, orientações, palestras etc...
O referente relatório visa contribuir para a formação profissional dos estagiários de ServiçoSocial, inseridos no Instituto da mulher dona lindu, cumprindo a sua atividade obrigatória que se estabelece a partir da inserção do discente no campo de estágio, para que sua capacitação seja completa para o exercício profissional.
Foi realizado estágio II, sob a supervisão de Andréia de Souza Rocha, Supervisora de Campo, totalizando 100 horas.

OBJETIVO
Gerar novos conhecimentos a respeitoda atuação de um Assistente Social na área da saúde.


HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO
Inaugurada em 25 de Junho de 1985 com o nome de Centro da Atenção Materno Infantil Balbina Mestrinho I, foi a primeira de três casas de parto programadas pela Secretária de Estado da Saúde, implantada na Cidade de Manaus. Contava naquela época com 10 leitos, 4 camas depré-parto e realizava apenas partos normais.
Assim mostrou-se a necessidade de ampliação e de atendimento. O CAMI I, como era conhecida a unidade, passou por sua primeira reforma e ampliação, quando foi criada uma sala de cirurgia para realizações de partos cesarianos, e ampliado também o centro obstétrico. E com o crescimento populacional e demanda a criação de mais leitos e as evoluçõestecnológicas exigindo ampliação.
A Maternidade passou a contar com, mas 30 leitos, sendo 2 isolamentos, pré-parto com 4 camas, salas de esterilização preparo de materiais, salas de assistência ao RH, salas de recuperação pós-anestésica, ICI neonatal com 4 leitos de analise clínicas ampliado e sala de ultrassonografia.
Em 2002, a Maternidade foi agraciada com o Premio Prof. Galda de Araújo, do Ministério deSaúde, pela Humanização do atendimento ao parto e nascimento, e foi declarada Hospital Amigo da Criança pelo OMS, UNICEF e Ministério da Saúde, por seu trabalho em prol do incentivo ao aleitamento.
Em maio de 2004 novas obras foram reiniciadas, sendo concluída em maio de 2006, a Maternidade passou a contar com arquivo médico e outros módulos que se fazia necessário em razão da nova filosofia deatendimento humanizado.


Em maio de 2011 reforma a sala SEAS, sala de enfermagem, balcão próximo aos alcons, para melhorar e facilitar o trabalho de técnicos e auxiliares de enfermagem, prol do melhor atender a população frente às diversas demandas que são apresentadas no cotidiano, a media de atendimento são 230 pacientes, na sua maioria mulheresgrávidas já na hora de pari ou em tratamento. A ordem hierárquica e da seguinte forma: Direção, Administração, Serviço Social, Corpo Medico e demais setores, os recursos financeiros são repassados pelo governo, sendo seu maior parceiro o SEAS (Secretária de Assistência Social) que fornece um kit bebê e transporte para paciente e seu filho que estão de alta.
A Maternidade Alvorada se...
tracking img