Relatorios de conclusao de curso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7459 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
* -------------------------------------------------

* -------------------------------------------------

Onde é guardado o lixo nuclear das usinas brasileiras?
por TARSO ARAÚJO

Dentro da própria usina ou em depósitos na vizinhança, dependendo do nível de radioatividade. Todo rejeito radioativo é classificado de acordo com a atividade e a duração de seus isótopos radioativos. Depoisde um tempo de uso – geralmente um ano – o combustível “vence” e precisa ser trocado. Esse rejeito de alta atividade (RAA) é o mais perigoso, mas pode ser reciclado. Já os outros tipos de lixo são os rejeitos de média e baixa intensidade, que são produzidos pelo contato direto ou indireto de equipamentos, ferramentas e roupas de proteção com o combustível da usina. Atualmente, eles são guardadosem depósitos temporários na própria usina ou no Centro de Gerenciamento de Rejeitos, em Angra dos Reis (RJ). Mas uma das exigências feitas para a construção de Angra 3 foi exatamente a criação de um depósito geológico, para o armazenamento do lixo radioativo até cem anos. Esse depósito guardará não só o lixo das usinas mas também rejeitos nucleares de hospitais e indústrias do país. (~:

COLETASELETIVA
O destino dos rejeitos varia de acordo com a intensidade e a duração da radioatividade

1) No reator das usinas nucleares, existem cilindros cheios de pastilhas de urânio enriquecido, que funcionam como combustível para gerar energia. A cada ano, um terço desse combustível “vence” e precisa ser trocado. Esse material é o rejeito de alta atividade (RAA), que tem alto potencial decontaminação

2) O RAA não presta como combustível, mas ainda emitirá radiação e calor por séculos. Por isso, é guardado dentro da própria usina, em uma piscina especial, feita para resfriá-lo e conter a radiação perigosa. Quando as usinas de Angra forem desativadas, esse material irá para um depósito geológico

3) Equipamentos da usina que têm contato direto com o RAA são contaminados e se tornamrejeitos de média atividade (RMA). Cerca de mil vezes menos radioativo que o RAA, esse lixo é solidificado em concreto dentro de barris metálicos

4) O que tem contato indireto com o RAA, como as roupas de proteção dos funcionários, ganha um nível de contaminação baixo, cerca de mil vezes menor que o RMA. Esse resíduo de baixa atividade (RBA) pode ser lavado para reúso, mas depois de algumaslavagens também vai para os barris

5) Selados, os barris são guardados na usina e depois levados para um dos quatro depósitos intermediários de Itaorna, a 2 quilômetros dali. Eles são vedados com concreto e resinas isolantes para garantir nível zero de radiação mesmo no pátio externo do depósito

6) Por fim, os rejeitos radioativos seguem para depósitos geológicos de longa duração, que podemarmazenar também o lixo vitrificado produzido no reprocessamento de combustível (ver quadro Reciclagem radioativa). Hoje, o Brasil pesquisa o melhor local para a construção de um depósito geológico, que deverá receber o rejeito das usinas de Angra a partir de 2012

RECICLAGEM RADIOATIVA
Veja como o combustível nuclear pode ser reprocessado para reaproveitar o rejeito inicial dos reatoresTUDO SE APROVEITA
O urânio usado no reator pode ser reciclado com algumas tecnologias. A mais usada é a que o mistura com ácido nítrico, numa reação que fornece três produtos: urânio mesmo, plutônio e um material altamente radioativo.

SEGUNDA MÃO
Apenas 1% do produto da reação é o isótopo de urânio pronto para ser reaproveitado. Outros 95% ainda precisam ser enriquecidos para ser reutilizados. Ourânio reciclado é mais caro que o natural, mas é mais ecológico e reduz o volume de lixo produzido

LIXO SEM REMÉDIO
Cerca de 3% do produto da reciclagem é um rejeito inútil e altamente radioativo. Esse lixo é solidificado em uma mistura com vidro especial e colocado em cilindros de aço para armazenagem em depósitos geológicos especiais

PLUTÔNIO FLEX
O plutônio obtido na reciclagem...
tracking img