Relatorio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3644 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário

1- Introdução 1
2 – A escola 3
3 – A secretaria 7
4 – Observando a turma e o trabalho da professora 8
5 – Cooperando com a professora na avaliação de uma atividade
desenvolvida em sala 11
6 – Conclusão 12
7 – Referências bibliográficas 14

1. Introdução

Meu nomeé Luciana Backer Boaretto, estou cursando o 7º período do Curso de Licenciatura em Pedagogia. Sou Coordenadora Pedagógica de uma escola pública na Secretaria Estadual do Rio de Janeiro há 04 anos, e já lecionei em turmas do 1º segmento do Ensino Fundamental e Educação Infantil.
Na escola na qual trabalho, atuo na coordenação do EJA, porém de Ensino Médio, que atende a uma clientela diferenciadada EJA do 1° segmento, em sua maioria jovens que trabalham ao longo do dia e desejam concluir seus estudos cursando o curso noturno.
Ao iniciar o Estágio Supervisionado II – Educação de Jovens e Adultos (EJA), comecei a interagir com professores e alunos que fazem parte dessa modalidade de ensino, o qual atende alunos de idade mais avançada que estão buscando um nível básico de escolarização. Asexperiências e aprendizagens que estou adquirindo durante essa etapa são de grande valor para minha futura vida docente, pois estou vivenciando uma prática educativa que tem como prioridade a construção da cidadania e de conhecimentos, através do ensinar e aprender, numa constante troca de saberes. Essas experiências fazem parte do (...) “processo formativo do profissional docente, a questão doestágio como um elemento fundamental na formação profissional e como um dos espaços privilegiados para a formação do docente na concepção do professor crítico-reflexivo e na constituição dos saberes docentes” (LEITE, p.757).
Portanto, ser/estar professor é observar a realidade, refletir criticamente sobre ela e reorganizar as ações a partir das teorias apreendidas, exigindo novasposturas. Acreditamos que a concepção de "ter sido" aluno não constitui identidade profissional, muito menos pensar que a aquisição teórica venha a dar conta do fazer pedagógico.
Cabe salientar nesse contexto, que o estágio supervisionado na EJA é um componente curricular, como afirmam Pimenta e Lima (2004), “pode não ser uma completa preparação para o magistério, mas é possível nesse espaço,professores, alunos e comunidade escolar e universidade trabalharem questões básicas de alicerce, como: o sentido de profissão, o que é ser professor na sociedade em que vivemos, como ser professor, a escola concreta, a realidade dos alunos nas escolas de ensino fundamental e médio, a realidade dos professores nessas escolas.”
Nessa perspectiva, comecei a fazer o Estágio SupervisionadoII - EJA, em uma turma de Educação de Jovens e Adultos (EJA) de escola pública, no município de Macuco, fases I e II. Tratando-se de um grupo de pessoas que pelo não domínio da leitura e da escrita sofre a discriminação e a diminuição do seu valor social e até mesmo do seu valor enquanto pessoa humana. É necessário destacar que a EJA é uma modalidade específica da Educação Básica, que se propõe aatender a um público que teve negado o direito à educação durante a infância ou adolescência, tenha sido pela oferta irregular de vagas, pelas inadequações do sistema de ensino ou pelas condições socioeconômicas desfavoráveis.
Meu primeiro contato foi com a diretora Claudia Vogas Brantes de Andrade para a entrega da Carta de Apresentação e o Termo de Compromisso, para que eu pudesse iniciar oestágio. Nesse primeiro momento também pude observar a escola e o funcionamento da secretaria, procurando me inteirar de toda essa parte física estrutural. Num segundo momento, fui encaminhada para a sala de aula, Quando cheguei para realizar a observação, fui recebida com carinho e atenção pela professora da turma. Ela me apresentou aos alunos e falou o motivo pelo qual eu estava ali com o...
tracking img