Relatorio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3575 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DINÂMICA DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS

Unidade II
5 OS CONFLITOS NAS RELAÇÕES
INTERPESSOAIS1

5

10

15

20

Os conflitos existenciais podem variar em forma e
intensidade e decorrem do fato de que as pessoas
divergem em muitos pontos como interesses, objetivos e
pontos de vista. Na maioria das vezes, a solução desses
conflitos ocorre com uma pacífica mediação, em que se
busca umaforma de solucionar o impasse de modo que
todos os envolvidos fiquem satisfeitos, pois ninguém quer
sair perdendo, isso é natural, e a troca tem que existir.
Porém, nem sempre a solução é tão saudável como se
espera, e esse conflito pode transformar-se num difícil
problema de relação.

Os conflitos surgem entre as pessoas
por divergências de interesses, objetivos e
pontos de vista.

No campodas relações interpessoais, o conflito vai muito
além de um simples desencontro de objetivos; ele passa
pela tentativa de uma das partes de impedir que a outra
alcance esses objetivos. Segundo Idalberto Chiavenato, “o
conflito constitui uma interferência ativa ou passiva, mas
deliberada para impor um bloqueio sobre a tentativa de
outra parte de alcançar os seus objetivos”.
Alguns conflitossão tão sutis que sua presença somente
será sentida quando as partes envolvidas passam a
explicitá-los sem nenhuma dissimulação; nesse caso,
trata-se de um conflito instalado, cuja mediação será bem
mais difícil.
O item 5 desta unidade foi baseado em Bezerra; Correia, 2008.

1

19

Unidade II
5.1 Os tipos de conflitos

Conflito interno: é o que se desenvolve no campo das
relaçõesintrapessoais. Constituem as nossas dissonâncias
internas.
5

10

Conflito externo: pode desenvolver-se em vários
outros níveis externos, nas relações intragrupais,
interorganizacionais ou interpessoais, em que será mais
aprofundada nossa investigação. Os conflitos externos
podem subdividir-se em:
• conflito de interesse: relaciona-se com os antagonismos
a respeito do que nos interessa, do quedesejamos ser
ou obter. Esse interesse pode ser do campo material,
como o nosso desejo de obtenção de alguns bens,
ou do campo de nossas posições na sociedade, como
cargos ou posições que desejamos ocupar;

15

• o conflito de valores: relaciona-se com nossos valores e
crenças. Nossos conceitos são postos em interrogação.
Esse tipo de conflito é um dos mais difíceis de ser
mediado, poisenvolve questões de identidade moral,
social e cultural;

20

• conflito de direitos: relaciona-se com a infração de
normas, leis ou regulamentações com as quais somos
beneficiados. Possui uma característica bem própria:
um conflito não passível de negociação, já que a tônica
gira em torno de um direito, previamente adquirido e
que não está sendo, de fato, respeitado.

25

5.2 Os conflitosnas relações interpessoais

Uma situação conflitante ocorre por meio de um dinâmico
processo, em que os envolvidos recebem e emanam
influências. Instala-se e manifesta-se, geralmente, porque
encontra condições propícias ao seu desenvolvimento,

20

DINÂMICA DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS

5

10

intensificando-se de acordo com o comportamento das
partes envolvidas. Diante de um conflito,as pessoas podem
comportar-se de forma passiva, defensiva ou ativa, e esse
comportamento será responsável pela intensificação
ou não desse desacordo, cuja solução dependerá de um
acordo, sujeito, muitas vezes, a mudanças de conceitos
e paradigmas, ou seja, de alterações no campo pessoal.
Em alguns casos, a entrada da figura do mediador é de
grande importância. Ele funcionará como umnegociador
na busca de um denominador comum do conflito em
pauta.

Todo conflito depende de condições
propícias para instalar-se; pode
ser intensificado, dependendo do
comportamento das partes envolvidas.

5.3 Os níveis de gravidade de um conflito

15

20

25

Conflito percebido: as partes discordantes percebem a
sua existência, por diferenças de opiniões e objetivos, e,
em alguns casos,...
tracking img