Relatorio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6183 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO EDUCACIONAL BARREIRO GRANDE
Curso Técnico em Eletromecânica





APOSTILA
DE
CORROSÃO




















Disciplina: QUÍMICA GERAL
Profº Leandro


1. HISTÓRICO

A palavra CORROSÃO provém da palavra latina CORRODERE, cujo significado é destruir rapidamente deixando uma superfície irregular, chega-se a essa conclusão quando se procura a tradução dapalavra CORRODERE, como mostra a figura 8.




















Figura 8 - Tradução da palavra latina CORREDERE.

Esta palavra CORRODERE foi traduzida para o Inglês como CORROSION e depois trazida para a língua Portuguesa como CORROSÃO, palavra que nos dias atuais virou um sinônimo genérico de destruição.

O estudo da corrosão envolve conhecimento de vários campos entre osquais pode-se destacar:

- Eletroquímica
- Metalurgia
- Termodinâmica
- Físico - química


2. IMPORTÂNCIA E CUSTO DA CORROSÃO

Os processos corrosivos estão presentes em todos os locais e a todo instante da nossa vida diária. Assim, a deterioração de automóveis, eletrodomésticos, estruturas metálicas, instalações industriais etc, são problemas com os quais nos deparamos a todo instante.Sendo a corrosão um processo espontâneo, poder-se-ia prever que a maioria dos metais fosse imprópria à utilização industrial ou em outras atividades, como a medicina que utiliza largamente metais na aplicação de implantes ou a odontologia que também necessita deles na restauração de dentes. Essa utilização é, no entanto possível, graças ao desenvolvimento de metais mais resistentes adeterminados meios corrosivos ou ao retardamento da velocidade das reações que se consegue, entre outros meios, pela aplicação dos conceitos dos fenômenos de polarização e passivação que serão descritos neste trabalho. Dessa maneira, a utilização dos metais torna-se segura e viável, técnica e economicamente.
A deterioração dos metais pela corrosão pode causar perdas chamada diretas e indiretas.

PERDASDIRETAS: São os custos associados à reposição de equipamentos, máquinas, estruturas ou peças danificadas, bem como os danos causados a pessoas. Pode-se somar a esses custos, os valores despendidos na busca de metais mais resistentes a corrosão e métodos de proteção mais efetivos.

PERDAS INDIRETAS: São os custos provocados pelas conseqüências dos danos da corrosão a partes não danificadasdiretamente pela corrosão, como a interrupção na operação de plantas industriais, superdimensionamento de estruturas e equipamentos e principalmente as perdas impostas à sociedade e ao meio ambiente, devido a acidentes ou vazamentos de produtos tóxicos ou inflamáveis.

Diversas estimativas de dinheiro perdido devido à corrosão metálica feita em vários países mostra que a quantidade de materialdeteriorado pela corrosão varia de 15 a 25 % do aço produzido no mundo, levando a um custo que corresponde a cerca de 4,0% do produto bruto produzido industrialmente. A tabela 2 mostra uma comparação dos custos da corrosão feita por revistas especializadas.

No início dos anos 80, nos Estados Unidos, uma firma de combate a corrosão, com o intuito de divulgar seus produtos, após uma consulta alaboratórios especializados, publicou a frase:  ENQUANTO VOCÊ ESTÁ LENDO ESTE CARTAZ, 760 KG. DE FERRO DE SEUS BENS FORAM CORROÍDOS. A (nome da firma) PODE AJUDÁ-LO .

PAÍS ANO CUSTO EM BILHÕES DE DÓLARES CUSTO EVITÁVEL EM %
USA 75 70 15
INGLATERRA 70 32 23
BRASIL 78 CR$ 140 BILHÕES 20
BRASIL 80 CR$ 400 BILHÕES 20
BRASIL 81 CR$ 890 BILHÕES 20

OBS. Os custos chamados evitáveis se referem avalores que poderiam ter sido poupados pela aplicação das técnicas conhecidas de combate a corrosão ou utilização de materiais mais apropriados.

Tabela 2 - Custos da corrosão

A importância do estudo da corrosão está, portanto, consubstanciada em:

• Manter a integridade física dos equipamentos e instalações industriais;

• Garantir a máxima segurança operacional, evitando-se paradas...
tracking img