Relatorio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1341 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DADOS

Solução de HCl (PM = 36,46 e M = o,....mol/L);
Soda cáustica de C = 10,0005g/L - PM(NaOH) = 40,00 e PM(Na2CO3) = 106,00;
Na2CO3: Ka1 = 4,30 * 10-7; Ka2 = 4,80 * 10-11;
Indicadores: fenolftaleína (8,00 – 10,0) e alaranjado de metila (3,10 – 4,40).

CÁLCULOS

Para determinar as concentrações de OH- e CO3= presentes na soda cáustica, houve a necessidade de utilizar dois indicadores,pois as hidroxilas liberadas pelo hidróxido de sódio são tituladas separadamente dos carbonatos liberados pelo carbonato de sódio, resultando em dois PE’s, fator que será explicado posteriormente na conclusão deste.
Após uma alíquota de 10,00mL de solução aquosa de soda cáustica (C = 10,0002g/L) ser colocada em um erlenmeyer juntamente com 200,00mL de água destilada e 1 gota do indicadorfenolftaleína, a solução, previamente incolor, tornou-se rosa, comprovação de ser caráter básico. Em seguida, essa solução foi titulada com HCl (M = 0,1029M) até apresentar-se incolor, fornecendo três volumes distintos, uma vez que a prática foi realizada em tréplica:

VF1 = ..,..mL, VF2 = ..,..mL e VF3 = ..,..mL
VF caracteriza o volume de HCl lido na bureta com a utilização do indicador fenolftaleína.A titulação, que foi realizada em tréplica, também forneceu três volumes de HCl para o segundo PE, faixas observadas com o indicador alaranjado de metila:

VAL1 = ..,..mL, VAL2 = ..,..mL e VAL3 = ..,..mL
VAL caracteriza o volume de HCl lido na bureta com a utilização do indicador alaranjado de metila.

No VF, há a titulação de toda a parcela de OH- e metade da quantidade de CO3=, pois:|OH- |+ |H+ |⋄ |H2O |
| | | | | |
|CO3= |+ |H+ |⋄ |HCO3- |

Portanto,
VF = VOH- + VCO3=
2

Como a titulação apresenta 2 PE’s, o segundo deles certamente será proveniente do resto do carbonato.

|CO3= |+ |H+ |⋄ |HCO3- |Como VAL representa o volume total de HCl gasto, tem-se:

VAL = VOH- + VCO3=

A partir dessas relações entre os volumes de ácido utilizados para a titulação da mistura alcalina pode-se encontrar as concentrações de hidroxila e de carbonato presentes nela.
Ressalta-se que para os cálculos foram utilizados os dois primeiros volumes (VF1 = ..,..mL, VF2 = ..,..mL e VAL1 = ..,..mL, VAL2 =..,..mL).

Teor de NaOH na soda cáustica

Os volumes de HCl necessários para a titulação de OH- foram obtidos relacionando-se as fórmulas de VF e VAL fornecidas acima:

VOH- = 2VF - VAL

VOH- 1 = ..,..mL e VOH- 2 = ..,..mL
Vmédio = (VOH- 1 + VOH- 2) / 2
Vmédio = ..,...mL (lembrem-se: coloquem este volume com até 3 casas decimais)

Sabendo que a reação entre HCl e NaOH é de 1 para 1,afirma-se que o número de mmoles de HCl é igual ao número de mmoles de NaOH no ponto de equivalência, expressão que permite encontrar a concentração de NaOH presentes na mistura, uma vez que o volume da amostra é conhecido e igual a 10,00mL:

nº mmoles NaOH = nº mmoles HCl
VNaOH * MNaOH = Vmédio de HCl (o utilizado para titular SOMENTE o OH-) * MHCl
MNaOH = (Vmédio * MHCl) / 10,00
MNaOH = 0,........mol/L (todas os números da calculadora!)

Como M = [(m)/(mol * V)] e C = m/V, tem-se que M e C se relacionam da seguinte maneira:
C = M * mol

Portanto,
C = [NaOH] * 40,00
C = .,..... g/L (todas os números da calculadora!)

Para encontrar a % de NaOH na soda cáustica, basta comparar com a concentração fornecida pelo rótulo do produto a partir da seguinte relação:

10,0005g ----- 100%C(g/L) ----- x%

x = 9.,.......% = ..,..% (com 2 casas decimais)

Teor de Na2CO3 na soda cáustica

Os volumes de HCl necessários para a titulação de CO3= foram obtidos relacionando-se as fórmulas de VF e VAL fornecidas acima:

VCO3= = 2 (VAL - VF)

VAL 1 = .,..mL e VAL 2 = .,..mL
Vmédio = (VAL 1 + VAL 2) / 2

Diferentemente da relação entre HCl e NaOH, que é de 1 para 1, a do...
tracking img