Relatorio semestral basquetebol

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (479 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Relatório Colectivo – Sub13 Masculinos
Número de jogadores
Número de Jogadores em Janeiro: 12
Número de jogadores em Março: 15
Com o passar do tempo, verificou-se um aumento do número dejogadores. Apesar de no inicio nós, treinadores, sentirmos necessidade de aumentar o número de jogadores inscritos, esta necessidade tem vindo a diminuir com uma maior assiduidade e pontualidade dos atletas,assim como houve a existência de novas inscrições.
Primeira Avaliação de equipa
Após uma primeira avaliação colectiva, percebeu-se que a equipa de Sub-13 masculinos da Sanjoanense, tinha tantosjogadores com qualidade como jogadores com enormes dificuldades. Este facto dificulta o nosso método de trabalho, pois não podemos exigir o mesmo de todos os jogadores, e assim temos de ter algumacondescendência com alguns atletas. A existência de extremos na qualidade dos jogadores condicionou alguns treinos sendo que alguns dos atletas têm eventualmente dificuldade em correr, enquanto outrosjogadores possuem uma qualidade técnica individual acima da média.
No 1º trimestre da época 2010/2011 verifiquei que a equipa no geral, tinha uma enorme dificuldade no drible, no passe, no lançamento esobretudo em avançar em contra-ataque
Trabalho Desenvolvido no 1º trimestre
Tendo como base a avaliação feita, achamos que o trabalho a desenvolver deveria começar com algum treino abordando aspectosespecíficos do drible, desenvolvendo a protecção deste e a progressão no campo treinando sempre a mão esquerda e a direita.
Após treinar o drible, houve algum trabalho efectuado para o passe elançamentos dos jogadores. Isto porque se verificava que os jogadores eram incapazes de avançar no campo com passe, e a finalização destes debaixo do cesto era má. Assim, foram abordados os aspectosespecíficos do passe de peito, passe picado e passe de ombros, como também do lançamento na passada e após drible.
Só depois de termos trabalhado algum passe, nós, treinadores, sentimo-nos mais á...
tracking img