Relatorio - metodo clinico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1004 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução: Ao realizar a experiência com as crianças, baseada no Método Clínico de Jean Piaget, procurei seguir determinados passos, tendo objetivos a serem alcançados, no sentido de compreender como as crianças percebem determinados fenômenos e quais são suas teorias a respeito. Busquei entender como a criança pensa e se ela mesma compreende o que está dizendo.
“Todo o método de estudo estárelacionado com os problemas que se querem resolver. Estes problemas estão orientados pelas perspectivas epistemológicas que podem ser mais ou menos explicitas. As hipóteses de Piaget são o interacionismo e o construtivismo, neste contexto, o Método Clínico se situa nesta perspectiva.” (Parrat, 1998)
O Método Clínico Experimental de Jean Piaget apresenta-se aqui como possibilidade investigativado nível de pensamento da criança e seu potencial criativo e cognitivo. Conhecer o nível de pensamento de uma criança é importante pois, nos dá a possibilidade de interferências criativas, pela visão construtivista, provocando com reflexões as desacomodações necessárias para avançar aos níveis subseqüentes de pensamento.
Das experiências piajetianas, optei em aplicar a “Conservação dequantidades”. A conservação é uma noção operatória que permite à criança compreender que alterações de forma não causam alterações da quantidade, do peso ou do volume.

Metodologia: O Método Clínico não resume-se em conversas com crianças. Considerando que é um método para investigar como elas pensam, percebem e agem, embora seja usado a entrevista verbal, a essência do método não está na entrevista, mas simna elaboração das atividades do experimentador e na interação do sujeito.
A riqueza de situações que podem ser incluídas nas entrevistas, faz deste método um instrumento de avaliação dinâmico, interessante, revelador, criativo e reflexivo tanto para o entrevistador, como para o entrevistado.

O período operatório é o estágio que subdivide-se em:

Período pré-operatório ouintuitivo-simbólico - este estágio caracteriza-se pela capacidade de representação simbólica pelo desenho, linguagem, jogo. Pela representação ela age e representa a realidade. É muito ligada à percepção, é mais observadora. O pensamento da criança se reconstrói, apoiando-se nas aquisições do período sensório–motor. A denominação de intuitivo deve-se ao fato da criança afirmar sem provas ou justificativas para assuas crenças.

Primeira Experiência: “Transvasamento dos líquidos”
Nome: Vinícius
Sexo: masculino
Idade: 5 anos e 9 meses
Escolaridade: 2 período

1-Apresentei a criança, os três copos sendo dois iguais e o outro uma taça.
2-Enchi os dois copos iguais na presença da criança e perguntei-a “qual dos dois tinha mais água e porquê”.
3-Diante da criança, virei o conteúdo de um dos copos nataça e refiz a pergunta:”qual dos dois tinha mais água e porquê.”

Período operatório concreto – a partir dos 7 anos até 12 anos é possível encontrar este estágio de raciocínio na criança. É neste estagio, como o pensamento operatório, que a criança consegue perceber que um objeto pode ser ao mesmo tempo semelhante e diferente de outros objetos. Este período, caracteriza-se pela possibilidadeda criança fazer com cabeça o que antes tinha que fazer com as mãos.

Segundo experimento: Transvasamento dos líquidos
Nome: Artur
Sexo: masculino
Idade: 10 anos
Escolaridade: 5 ano

1-Apresentei a criança, os três copos sendo dois iguais e o outro uma taça.
2-Enchi os dois copos iguais na presença da criança e perguntei-a “qual dos dois tinha mais água e porquê”.
3-Diante da criança,virei o conteúdo de um dos copos na taça e refiz a pergunta:”qual dos dois tinha mais água e porquê.”

Resultados: Pude perceber que a criança, à medida que evolui vai se ajustando à realidade circundante, e superando de modo cada vez mais eficaz, as múltiplas situações com que se confronta. Se uma criança de seis anos, por exemplo, resolve determinado problema que não conseguia aos cinco...
tracking img