Relatorio meio ambiente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1858 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

1- INTRODUÇÃO 02
2 - OBJETIVOS 03
3 – DESENVOLVIMENTO 04
3.1 - Resíduos sólidos domésticos 05
3.1.1 - O problema chamado LIXO 06

3.1.2 - Características dos resíduos sólidos 06

3.1.3 - Lixo doméstico ou residencial 07

3.1.4 - Lixo domiciliar especial 07

3.1.4 - Coleta de resíduos no município de Timóteo MG 08
3.1.5 - Tratamento de Resíduos Sólidosdomiciliares 08
3.2 – Aterramento 09
3.2.1 – Vantagens 09
3.2.3 - Fatores que interferem na escolha da área 11
3.2.2 – Desvantagens 11
4- CONCLUSÃO 12
5 - BIBLIOGRAFIA 13
6 - Anexos e ilustrações 14

1 - INTRODUÇÃO
Em atendimento ao seminário técnico do CETEC/CLC – Centro técnico do colégio Lúcia Casasanta, os alunos em epígrafe realizaram a pesquisa em questão no relatório abordando ogerenciamento de resíduos sólidos domésticos, tal pesquisa tem a importância de relatar o processo em destaque, juntamente com algumas de suas principais características, tais como a Classificação das categorias gerais de resíduos, a Reciclagem de resíduos domésticos, Características do Aterro Sanitário entre outros aspectos.

2 – OBJETIVOS
2.1 – Gerais
Cumprir a exigência no que dizrespeito a apresentação do projeto no seminário técnico ressaltando em teoria sobre o assunto em epígrafe, desmonstrando e explicando , para possibilitar a transposição dos conhecimentos necessários aos presentes, no decorrer do desenvolvimento das atividades do trabalho.

2.2 – Específicos
Adquirir os conhecimentos tecnológicos que abrangem a área abordada no trabalho , utilizando e participandodos processos de pesquisa sobre gerenciamento de resíduos sólidos domésticos , tanto a nível de contestos , nacional, estadual e municipal , estando assim apto aos conhecimentos que se dizem respeito no assunto.

3 – DESENVOLVIMENTO
3.1 - Resíduos sólidos domésticos

3.1.1 - O problema chamado LIXO
O excesso de consumo de produtos industrializados aumentou a poluição do solo, das águase piorou as condições de saúde das populações em todo o mundo. O aumento da quantidade de lixo gerado nas grandes cidades provocou um novo problema: o esgotamento rápido dos aterros sanitários. Falta espaço para acomodar tanto resíduo. A falta  de conhecimento sobre os problemas gerados pelo acúmulo de resíduos resultou na negligência para com sua destinação. Mais da metade dos resíduos geradosé jogada em terrenos a céu aberto, à beira de estradas e até jogado nos rios. Além de ser um problema ambiental, o lixo se tornou um problema de saúde pública. Doenças como meningite, leptospirose e raiva são transmitidas por ratos atraídos pelos resíduos mal destinados. Atualmente, além das problemáticas já citadas, nos deparamos com o fator sócio-econômico, onde centenas de pessoas em péssimascondições de higiene e segurança vivem de revirar depósitos de lixo em busca de sua sobrevivência.

3.1.2 - Características dos resíduos sólidos

As características do resíduo podem variar em função dos aspectos sociais, econômicos, culturais, geográficos e climáticos, porque há cidades em que o consumo é maior, cada cidade e cada região o consumo em diferenciado, ou seja, os mesmos fatoresque também diferenciam as comunidades entre si e as próprias cidades.

3.1.3 - Lixo doméstico ou residencial

São os resíduos gerados nas atividades diárias em casas, apartamentos, condomínios e demais edificações residenciais. Resulta de atividades cotidianas: limpar a casa, cozinhar, ir ao banheiro, estudar. No Brasil, segundo estimativas, cada pessoa produz entre 200 e 500 gramas deresíduos por dia, sendo que a metade desse peso corresponde a sobras de alimentos. Por esse motivo nosso lixo caracteriza-se por conter alta porcentagem de material orgânico, isto é, substâncias provenientes de animais e vegetais.

O lixo domiciliar brasileiro possui uma das taxas mais elevadas de detritos orgânicos em sua composição, enquanto nas regiões desenvolvidas predominam papel,...
tracking img