Relatorio de volume molar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (865 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DETERMINÇÃO DO VOLUME MOLAR

1.OBJETIVO
Demonstrar experimentalmente que o valor ocupado por uma molécula-grama de qualquer substância gasosa nas condições normais de temperatura e pressão é iguala 22,4 litros.
2.INTRODUÇÃO TEÓRICA
2.1.Volume molar
O volume molar de um gás é o volume ocupado por um mol desse gás, a uma determinada pressão e temperatura, ou seja, o volume é diretamenteproporcional ao seu número de mols de um gás. Assim, se dobrarmos o número de mols (n) de um gás, seu volume consequentemente dobrará também. Logo, a relação entre o volume e o número de mols é:

    Ovolume molar foi determinado experimentalmente considerando-se as Condições Normais de Temperatura e Pressão (CNTP), ou seja, à pressão de 1 atm (pressão atmosférica) e temperatura de 273 K, o quecorresponde, aproximadamente, a 22,4 L. Assim:
Volume Molar = 22,4 L/mol nas CNTP. |

2.2.Equação geral dos gases
Um gás pode passar por três tipos de variáveis de estado: quanto ao seu volume,quanto à temperatura e quanto à pressão. Essas alterações são conhecidas como transformação isobárica, isovolumétrica e isotérmica. A partir dessas três transformações gasosas é que se chegou à equação:2.3.Reações químicas
A reação química para este experimento:
2KClO3 MnO2 2 KCl + 3O2
1 mol1,5 moles
2.4.Cálculo estequiométrico
O cálculo estequiométrico é utilizado em várias atividades, tais como: pela indústria que deseja saber quantode matéria-prima (reagentes) deve utilizar para obter uma determinada quantidade de produtos, pelo médico que quer calcular quanto de determinada substância deve ministrar para cada paciente, entreinúmeras outras.
O cálculo estequiométrico segue os seguintes passos:
1o passo - Montar e balancear a equação química;
2o passo - Escrever a proporção em mols (coeficientes da equação balanceada);...
tracking img