Relatorio de solubilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1478 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Solubilidade


Introdução:
Solubilidade é a propriedade que uma substância tem de se dissolver espontaneamente em outra substância. A quantidade de uma substância que se dissolve em outra depende de cada uma e das condições externas (pressão e temperatura), mas podem também depender de propriedades em comum entre as substâncias (polaridade).
Uma mistura entre duas ou maissubstâncias pode ser denominada de solução quando esta se apresenta homogênea, ou seja, monofásica. Nas soluções sempre se apresenta pelo menos duas substâncias: um solvente e um soluto. O solvente é denominado a substância que está em maior concentração na solução, e o soluto aquele que apresenta uma menor quantidade.
As soluções podem ser classificadas em: insaturadas, saturadas esupersaturadas.
As soluções insaturadas são aquelas que o soluto não atingiu o máximo coeficiente de solubilidade em um determinado solvente a uma determinada temperatura.
As soluções saturadas são aquelas que o soluto atingiu o máximo coeficiente de solubilidade. As supersaturadas são soluções em caso especial, em que por meio de algum artifício o soluto mesmo passado do seu coeficiente desolubilidade não se precipita, estas soluções são muito instáveis e qualquer alteração pode fazer o soluto se precipitar.
Quando um soluto se dissolve em um solvente as moléculas do solvente formam estruturas que envolvem as moléculas dos solutos, este processo é chamado de solvatação.
Os fatores externos como pressão e temperatura são fundamentais na determinação da solubilidade. Asolubilidade da maioria dos solutos aumenta com a temperatura embora nem sempre esse aumento seja muito sensível. Mas existem casos em que a solubilidade diminui com o aumento da temperatura, como a dissolução do gás oxigênio em água.
As interações moleculares atuam, em geral, com a regra: “semelhante dissolve semelhante”. Isso ocorre porque quando há formação de soluções ocorrem quebra de ligaçõese novas são criadas. Se as novas forem semelhantes as “antigas” há pouco gasto de energia. Esta regra pode ser determinada pela polaridade das moléculas, ou seja, substâncias polares solvatam bem outras substâncias polares, e substâncias apolares solvatam bem as substâncias apolares.
Como exemplo: o hexano (C6H14), uma substância apolar, dissolve muito bem óleos e gorduras (apolares). Já aágua (polar) solvata muito bem ácidos e bases, pois a ligação entre estas substâncias são polares.


Objetivos:
Observar a relação entre solubilidade, a natureza do solvente, a natureza do soluto, e a temperatura.


Procedimento Experimental:


Parte 1: Determinação da solubilidade em diferentes solventes


Separou-se 4 tubos de ensaio, em dois deles colocou-se3ml de álcool e nos outros dois colocou-se também 3ml ,só que de água.
Em um dos tubos com álcool e em um com água colocou-se uma pequena quantidade de iodo, nos outros dois tubos de água e de álcool colocou-se NaCl sólido.


Parte 2: Influência da temperatura na solubilidade


Em um tubo de ensaio colocou-se 4mL de água destilada, adicionou-se aproximadamente 1,5g denitrato de potássio (KNO3). Aqueceu-se a solução pelo bico de Bunsen. Anotaram-se os resultados e depois se esperou a substância esfriar.


Parte 3: Cristalização fracionada


Colocou-se 100mL de água destilada, 4,50g de NaNO3, 3,50g de KCl em um béquer de 30mL. Aqueceu-se a solução por meio de um bico de Bunsen até solubilizar. Resfriou-se a solução em banho de gelo. Filtrou-se amistura em um funil para líquidos e com um papel de filtro. Observou-se o formato dos cristais formado que ficaram retidos no papel de filtro.


[pic]





Parte 4: Separação baseada na diferença de solubilidade


Colocou-se alguns mg de NaCl e CaCO3 em um béquer de 100 mL com 10 mL de água destilada. Agitou-se a mistura com um bastão de vidro por 10 segundos. Filtrou-se a...
tracking img