Relatorio de quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3468 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Caldeira é um recipiente metálico cuja função é, entre muitas, a produção de vapor através do aquecimento da água. As caldeiras produzem vapor para alimentar máquinas térmicas, autoclaves para esterilização de materiais diversos, cozimento de alimentos e de outros produtos orgânicos, calefação ambiental e outras aplicações do calor utilizando-se o vapor.
Existem outros equipamentosde aquecimento e transferência de calor sem produção de vapor que também são chamados de caldeiras, tais como aquecedores que empregam fluidos térmicos, geradores de água quente, etc. Nesta experiencia e certamente na maioria das vezes que o termo caldeira for aplicado, é feita referência aos equipamentos para geração de vapor. Dentro de uma unidade de processo, a caldeira é um equipamento deelevado custo e responsabilidade, cujo projecto, operação e manutenção são padronizados e fiscalizados por uma série de normas, códigos e legislações.

“Kit” de testes à fenolftaleíne (“P”) e “Total” (“T”)


Descrição
Os testes à alcalinidade através deste “kit” de análise têm por objectivo a obtenção de valores que permitam não só uma interpretação dos resultados bem como uma tomada dedecisão quanto à quantidade de produto de tratamento (NaOH) a adicionar à caldeira com vista a ajustar a eficiência da caldeira.
Materiais
1 tubo de teste com marca em anel de 5 ml.
1 seringa de titulação 0 – 7,2 m mol /1 HCL (ou respectivamente 0 – 20 ºd )
(uma unidade da escala graduada da seringa = 0,5º d = 0,2 m mol/ 1 HCl )

Reagentes:
1 frasco de 100 ml de solução de titulação“Carbonate Hardness TL C 20”
1 frasco de 10 ml de indicador “P”
1 frasco de 10 ml de indicador “T”

A – Procedimento do teste – Determinação do valor de Alcalinidade fenolftaleína(“P”).
1.Enxaguar várias vezes o tubo de teste com amostra da água da caldeira e enche-lo até á marca de 5 ml.
2.Adicionar 1 gota de indicador “P” e para misturar agite o tubo de teste. Se a amostra em testepermanecer incolor tal significa que o valor do teste à alcalinidade á “P” é zero.Neste caso saltar para o passo 6 em B-determinação da Alcalinidade Total.
3.Se a amostra em teste adquiriu uma cor vermelha,encha a seringa de titulação com a solução “Carbonate Hardness TL C20” até à marca 0.
4.Adicionar gota a gota com a seringa a solução de titulação no tubo de teste, enquanto agita suavementeaté a cor vermelha desaparecer completamente.
5.Ler o valor de Alcalinidade “P” pela marca na seringa da solução de titulação gasta neste processo. A leitura é expressa em d ou m mol/l HCl e converter esse valor em ppm (partes por milhão 1 mg/litro de solução) de Ca CO3 (Nota: para esta conversão consulte a parte C)


B – Determinação do valor de Alcalinidade Total (“T”)
6. Aproceitea amostra de agua da caldeira que utilizou no teste à “P”, para efectuar a análise da Alcalinidade (“T”).
7. Adicione uma gota de indicador “T”,misture e agite o tubo, a amostra adquire uma cor azul.Se a amostra apresentar cor laranja, tal significa que o valor de Alcalinidade “T” é igual á alcalinidade “P”
8. Titule a amostra com a seringa na mesma posição em que ficou no final do passo 4,adicionando gota a gota até a cor virar para laranja.
No caso da quantidade existente na seringa não ser suficiente para proporcionar mudança de cor, deve-se encher novamente a seringa com a solução de “Carbonate Hardness TL C 20 “ até á marca 0 e continuar a titulação até se verificar mudança de cor.
9.Leia o valor da Alcalinidade “T” na escala da seringa ( em 0d ou mmol/l HCl) em ppm comoCaCO3. A quantidade de solução de titulação usada em todo o procedimento corresponde ao valor de Alcalinidade “T”
C- Avaliação dos resultados dos testes
1. Conversão dos valores dos testes “P” e “T” de 0d ou mmol/l HCl para ppm como CaCO3 , efectuam-se de acordo com:

1 mmol/1 HCl = 49,8 mg/l CaCO3 = 50 ppm CaCO3

2. Para amostras...
tracking img