Em se tratando de gestão em instituições educativas, é necessário pensar um modelo de gestão democrática. Porém, evidenciam-se no sistema educacional brasileiro inúmeras concepções do que seja gestão democrática. A própria aplicação de um modelo novo, diferente da administração racional que estava implantada na maioria das instituições educativas brasileiras, acarreta uma série de possibilidades de compreensão, resultando numa série de dificuldades. Por outro lado, dada à complexidade ecrescente ampliação das instituições, não é mais possível tratar as questões educativas de forma isolada dos acontecimentos ocorridos na sociedade em geral. As questões da educação começam a despertar o interesse da sociedade e dos governos. Todo o processo de abertura democrática por que passa a sociedade brasileira, encontra nas instituições espaços de reivindicação por maior participação. Essa “vontade de participação” está vinculada a urgência de uma revisão dos pressupostos teóricos dotaylorismo (já insuficiente) e de sua substituição por valores mais contemporâneos, como flexibilidade, tolerância com as diferenças, relações mais igualitárias, justiça e cidadania (GUTIERREZ e CATANI, 1998). Nesses termos, a questão da participação encontra na gestão democrática sua alternativa e estratégia, em especial, no caso das universidades brasileiras, as questões que dizem respeito mais diretamente à participação na administração e à autonomia universitária. Baseada na formulação de um novoparadigma a nova concepção de gestão na educação, orientada para alcançar resultados, entendo os problemas das instituições educativas de forma global e complexa, apoiada na descentralização, na autonomia; a gestão democrática na educação distancia-se do modelo de administração tradicional, baseado no planejamento dos meios e no atendimento das prioridades e emergências das instituições. Busca-se agora a organização de uma nova cultura organizacional, menos burocrática, onde o [continua]

Ler trabalho completo

Citar Este Trabalho

APA

(2011, 05). Relatorio de observação e caracterização de instituição de educação infanil carente. TrabalhosFeitos.com. Retirado 05, 2011, de http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Relatorio-De-Observa%C3%A7%C3%A3o-e-Caracteriza%C3%A7%C3%A3o-De/36777.html

MLA

"Relatorio de observação e caracterização de instituição de educação infanil carente" TrabalhosFeitos.com. 05 2011. 2011. 05 2011 <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Relatorio-De-Observa%C3%A7%C3%A3o-e-Caracteriza%C3%A7%C3%A3o-De/36777.html>.

MLA 7

"Relatorio de observação e caracterização de instituição de educação infanil carente." TrabalhosFeitos.com. TrabalhosFeitos.com, 05 2011. Web. 05 2011. <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Relatorio-De-Observa%C3%A7%C3%A3o-e-Caracteriza%C3%A7%C3%A3o-De/36777.html>.

CHICAGO

"Relatorio de observação e caracterização de instituição de educação infanil carente." TrabalhosFeitos.com. 05, 2011. Acessado 05, 2011. http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Relatorio-De-Observa%C3%A7%C3%A3o-e-Caracteriza%C3%A7%C3%A3o-De/36777.html.