Relatorio de estagio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3409 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PRESIDENTE KENNED-IFESP
CENTRO DE FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS EM EDUCAÇÃO
CURSO: COMPLEMENTAÇÃO PARA O CURSO DE PEDAGOGIA
DISCIPLINA : PRATICAS DE GESTÃO DE PROCESSOS EDUCATIVOS

RELATÓRIO DO I ESTÁGIO SUPERVISIONADO NO CONTEXTO NÃO ESCOLAR NA SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA - SEEC, SETOR SUBCOORDENADORIA DO ENSINO FUNDAMENTAL - SUEFNATAL, RN
2012

ADEILZA CAETANO BEZERRA
LADJANE DE SOUSA LIMA
JOANA SEGUNDO
ZÉLIA PATRICIA PEREIRA
ZENAILDE MARIA EUFRÁSIO

RELATÓRIO DO I ESTÁGIO SUPERVISIONADO NO CONTEXTO NÃO ESCOLAR NA SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA - SEEC, SETOR SUBCOORDENADORIA DO ENSINO FUNDAMENTAL - SUEF

Relatório do I estágioapresentado ao Curso Complementação para o Curso de Pedagogia, como parte exigência da disciplina Pratica de Gestão de Processos Educativos sob a orientação dos professores formadores, Eduardo e Denise.

NATA, RN
2012

SUMARIO

1-INTRODUÇÃO
2-INSERÇÃO NO CONTEXTO NÃO ESCOLAR
3-DESENVOLVIMENTO
4-AÇÕES PEDAGOGICAS DESENVOLVIDANA SUEF
4.1 PROGRAMA CORREÇÃO DE FLUXO- DEFASAGEM EM IDADE\ ANO ESCOLAR
4.2 PROJETO ESCOLA MÉDIADORA DE LEITURA – 1º AO 9º ANO
4.3 PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO – AMPLIANDO TEMPOS, ESPAÇOS E OPORTUNIDADES DE APRENDIZAGEM
4.5 PROJETO SAÚDE NA ESCOLA - PSE
4.6 PROJETO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL- NEA
5 - REFLEXÃO DA ATUAÇÃO DO PEDAGOGO NO CONTEXTO NÃO ESCOLAR.
CONSIDERAÇÕES FINAISREFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS
ANEXOS

APRESENTAÇÃO

O presente relatório tem como objeto de estudo, descrever as observações vivenciadas no contexto não escolar, durante o Estágio Supervisionado, Práticas de Gestão de Processos Educativos, realizada na Instituição Secretaria Estadual da Educação e da Cultura- SEEC, setor SUEF- Subcoordenadoria do Ensino Fundamental, no período de 22 a 30\03 e19-04\2012.

INTRODUÇÃO

A importância de observar a atuação do pedagogo em espaços não escolares se faz necessário para nossa formação acadêmica, pois nos sabemos que ser pedagogo na atual realidade implica na construção de saberes, competências e habilidades que extrapolam a   profissão docente. Nesse contexto, a pedagogia social (MOURA e ZUCHETTI, 2006) apresenta-se como uma possibilidade derealização de práticas pedagógicas em diferentes espaços sociais.
Assim, é necessária a aproximação desses espaços no processo de formação inicial. Para isto o Estágio Supervisionado I foi realizado na Secretaria Estadual de Educação e Cultura –SEEC , setor Subcoordenadoria do Ensino Fundamental ,que presta assistência ao Ensino Fundamental da Rede Pública de Ensino, que fica localizado no CentroAdministrativo na Av. Salgado Filho s\n. Bairro Lagoa Nova , com o intuito de perceber a atuação e o desenvolvimento do trabalho  Pedagógico em espaços não escolares.
Esse primeiro momento do estágio foi um período de observação que tínhamos como objetivo a instituição como um todo (espaço físico, infraestrutura, funcionamento, organização administrativa e projetos pedagógicos inserido na Educação.Vale ressaltar que, a formação acadêmica contribui para o estágio, pois ela capacita o futuro profissional em educação para que ele desenvolva melhor sua prática  pedagógica.
Portanto é esperado a partir desse trabalho conhecer a prática profissional do pedagogo em espaços não escolares, especialmente o profissional atuante na educação.

1 - INSERÇÃO NO CONTEXTO NÃO ESCOLAR

O I Estágio teveinicio no dia vinte e dois de março no ano de dois mil e dose, na Secretaria Estadual de Educação e Cultura. Nesse primeiro encontro com professores formadores, Eduardo e Denise e os alunos da turma 2011 do Curso de complementação para o Curso de Pedagogia, foram repassadas as informações importantes, em seguida encaminhamentos dos grupos para cada setor de estágio.
A Subcoordenadoria de...
tracking img