Relatorio de estagio supervisionado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3713 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DEUSLINDA BATISTA DE CARVALHO
























RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL II






















Itaberaí-2011
DEUSLINDA BATISTA DE CARVALHO





















RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL II









||Relatório do Estágio Supervisionado apresentado no curso de|
| |Licenciatura Plena em Pedagogia, na Universidade Estadual |
| |de Goiás – UnU - Rio das Pedras - Itaberaí |
||Profª: Orientadora: Renata |










Itaberaí -2011
Um dos objetivos centrais do Estágio é ser um espaço de construção de aprendizagens significativas no processo de formação dos professores. Ou seja, junto com as disciplinas teóricas desenvolvidas nos cursos de formação, o estágio, também,apresenta-se como responsável pela construção de conhecimentos e tem potenciais possibilidades de contribuir com o fazer profissional do futuro professor (Cf. FREIRE, 2001). Nesse sentido, ao discutir as diferentes modalidades em que o estágio pode ser realizado na Unidade Escolar (observação, participação, regência, entre outros), Carvalho (1985) procura deixar claro que a aprendizagem seconstrói à medida que as experiências vivenciadas nos estágios sejam discutidas e teorizadas num momento destinado a essa finalidade no interior do curso de formação inicial. Portanto, é no estágio prático em sala de aula, que o futuro professor tem a oportunidade de se aperfeiçoar para exercer com êxito sua profissão. Segundo Silva, 2007, p. 35. “A primeira concepção que deve nortear o papel doprofessor é: ‘aprender e ensinar’ e ‘ensinar e aprender’. Ambas constituem um processo dinâmico, onde um não existe sem o outro. Ensinar pressupõe um aprendizado”. É preciso enfatizar igualmente a multiplicidade de fatores que estão presentes nessas relações exigindo um  olhar multidisciplinar que se expresse nas suas ações pedagógicas, que se diferenciam da escola básica, que envolve, sobretudo,além da dimensão cognitiva, as dimensões lúdica, criativa e afetiva, numa perspectiva da autonomia e da liberdade. Cabe sempre ressaltar a importância de perceber, na escola de Educação Infantil, não apenas caráter assistencialista ou compensatório, mas sua finalidade própria de cuidar e educar, de formar a base para a construção da cidadania. Segundo Vygotsky, a criança vivencia aexperiência no brinquedo como se ela fosse maior do que é na realidade, fator de grande importância  no seu desenvolvimento. Brincando a criança elabora hipóteses para a resolução dos problemas e toma atitudes além do comportamento habitual de sua idade.      Da mesma forma, a curiosidade  é uma característica da criança que deve ser estimulada.
      Demo (apud UVA2005): afirma que “... a criança é por vocação um pesquisador pertinaz, compulsivo. A escola muitas vezes atrapalha esta volúpia infantil, privilegiando em excesso a disciplina, ordem, atenção subserviente, imitação do comportamento adulto”.
Com esse pensamento, durante minhas observações percebi que a prática em sala de aula nos leva a refletir como será nosso dia a dia como professor.Enquanto estamos estudando apenas as teorias, não temos idéia do que é estar frente a uma classe e ser o responsável pela mediação do conhecimento às crianças, a responsabilidade é grande. A experiência vivida nas salas da Creche Municipal “Filhos de Davi” me mostrou claramente o que significa ser professor na Educação Infantil. Saber como trabalhar determinado conteúdo, para que a...
tracking img