Relato de caso erisipela

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3339 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RELATO DE CASO DE PACIENTE DIAGNOSTICADA COM ERISIPELA em Hospital de Ensino

RESUMO

A erisipela é uma patologia frequente na prática clínica e, com aumento de incidência nas últimas décadas. Com base na deficiência de estudos epidemiológicos a respeito de erisipela no Brasil, o presente estudo teve por objetivos avaliar os fatores de risco locais e gerais, o quadro clínico, as principaiscomplicações, os esquemas terapêuticos utilizados e a evolução imediata. Este trabalho foi realizado através de um relato de caso de paciente internado na enfermaria de Clínica Médica de um hospital de ensino. O principal agente etiológico da erisipela é o Streptococcus β hemolítico do grupo A de Lancefield e são considerados fatores de risco quaisquer alterações que facilitem a infecção cutânea,como, por exemplo, o intertrigo interpododátilo. O quadro clínico clássico é caracterizado por eritema, edema, calor e dor, acompanhado por febre, calafrios, mal estar e muitas vezes náuseas ou vômitos. O tratamento de escolha é feito com a penicilina G cristalina, podendo-se ainda lançar mão das cefalosporinas ou eritromicina e clindamicina no caso de pacientes alérgicos à penicilina. Trata-se, naatualidade, de uma infecção bacteriana com prognóstico imediato extremamente favorável, a principal preocupação na abordagem de uma erisipela reside no efetivo controle e tratamento dos fatores que condicionam a sua elevada taxa de recidivas. Destacamos, então, a importância da profilaxia com atenção especial para os fatores de risco locais e da correta realização da antibioticoterapia, comapropriado acompanhamento médico. A paciente do presente relato apresentou características semelhantes às descritas pelos outros autores.



Palavras-chave: Erisipela, Streptococcus, Fatores de risco.





INTRODUÇÃO


A erisipela é uma patologia freqüente na prática clínica, com uma incidência estimada, na França, de 10 a 100 casos por 100.000 habitantes/ano. Algumas publicaçõessugerem um aumento de incidência nas últimas décadas. Com base na deficiência de estudos epidemiológicos a respeito de erisipela no Brasil, o presente estudo teve por objetivos avaliar os fatores de risco locais e gerais, o quadro clínico, as principais complicações, os esquemas terapêuticos utilizados e a evolução imediata. Este trabalho foi realizado através de um relato de caso de pacienteinternado na enfermaria de Clínica Médica de um hospital de ensino. (OKAJIMA e cols, 2004).
O principal agente etiológico da erisipela é o Streptococcus β hemolítico do grupo A de Lancefield, podendo ocorrer infecção pelo Staphilococcus aureus. Acomete ambos os sexos, mas principalmente mulheres, sendo a quinta e a sexta décadas de vida as mais atingidas e os membros inferiores e face os locaismais acometidos. São considerados fatores de risco quaisquer alterações que facilitem a infecção cutânea. Entre os fatores de risco locais destacam-se: dermatoses preexistentes, traumas, feridas operatórias e alterações vasculares, como insuficiência venosa e linfedema. Os fatores de risco gerais, como diabetes mellitus, etilismo, corticoterapia, quimioterapia e neoplasias, produzem leucopenia ecomprometimento da imunidade celular, prejudicando a quimiotaxia e a fagocitose dos polimorfonucleares e facilitando a ocorrência de infecções da pele (AZULAY, 2008; CAETANO E AMORIM, 2005; OKAJIMA e cols, 2004).
O quadro clínico clássico é caracterizado por eritema, edema, calor e dor, acompanhado por febre, calafrios, mal estar e muitas vezes náuseas ou vômitos. O tratamento de escolha é feitocom a penicilina G cristalina, podendo-se ainda lançar mão das cefalosporinas ou eritromicina e clindamicina no caso de pacientes alérgicos à penicilina. A terapia com anticoagulante está indicada em casos confirmados ou suspeitos de tromboflebite associada (OKAJIMA e cols, 2004).
De acordo com Caetano e Amorim (2005) as complicações da erisipela podem ser classificadas de acordo com o...
tracking img