Relatório sobre densidade dos corpos

Petrópolis, 28 de março de 2012.
Cefet-unidade Petrópolis
Aluno: Antonio José Pugliese
Laboratório de Física - mecânica
Professor: Rodrigo Nascimento
RELATÓRIO
(experiência sobre densidade dos corpos)
i) INTRODUÇÃO:Esse relatório foi constituído a partir de experiências feitas no laboratório de Física do Cefet- unidade Petrópolis, e tem como finalidade o cumprimento curricular do curso de Licenciatura em Física e o aprimoramento do aluno. Além disso, visa destacar a importância do tema e a teoria envolvida.

ii) OBJETIVO:

Medir e pesar uma moeda de R$ 1 e uma esfera de aço utilizando-se deum paquímetro, um micrômetro e uma balança de precisão com a finalidade de, a partir do cálculo de seus volumes e massas, encontrar suas respectivas densidades.

iii) DESCRIÇÂO TEÓRICA:

Densidade (também massa volúmica ou massa volumétrica) de um corpo define-se como o quociente entre a massa e o volume desse corpo. Desta forma pode-se dizer que a densidade mede o grau deconcentração de massa em determinado volume. O símbolo para a densidade é ρ (a letra grega Rô ) e a unidade SI para a densidade é quilograma por metro cúbico (kg/m³). Pode ainda ser expressa em gramas por centímetro cúbico (g/cm³), que no nosso caso se mostra mais adequada em razão das dimensões envolvidas serem destas grandezas.
A massa da esfera, assim como a da moeda sãoencontradas utilizando-se de uma balança de precisão de pratos e objetos cujas massas calibradas são comparadas com os objetos em questão, determinando assim as suas massas.
O volume da moeda, cuja forma é cilíndrica, é calculado multiplicando-se a área da base da moeda vezes sua altura.
V= πhD²/4
O volume da esfera é calculado pela fórmula:
V= 1/6πD³

Descrição doaparato experimental utilizado e do experimento

Paquímetro: O paquímetro é um instrumento usado para medir as dimensões lineares internas, externas e de profundidade de uma peça. Consiste em uma régua graduada, com encosto fixo, sobre a qual desliza um cursor. No cursor está gravada uma segunda escala chamada vernier . A escala principal está graduada em centímetros, queestá dividido em 10 milímetros. O vernier divide o milímetro por 20, marcando assim 0,05mm.


Micrômetro: O funcionamento do micrômetro baseia-se no deslocamento axial de um parafuso micrométrico com passo de alta precisão dentro de uma rosca ajustável. A circunferência de rosca ( tambor ) é dividida em 50 partes iguais, possibilitando leituras de 0,01mm a 0,001mm. Aleitura do micrômetro apresenta na escala linear em mm e uma escala de centésimos de mm( cujo número que está apontando, deve ser somado a escala linear)

a) Balança de precisão de dois pratos: com precisão de 0,01 g.

Cálculo de erros na moeda de 1R$.

Foram realizadas medições da moeda da seguinte forma:
Mediu-se com o paquímetro o diâmetro da moeda, sendo achado 4 valores em razão dairregularidade dela. Sendo assim, o valor mais provável dessa grandeza é a média aritmética dos valores encontrados.
_
D= (27,000+26,995+26,985+26,975)/4 = 26,989mm
ΔD=(0,011+0,006-0,004-0,009)/4 = 0,001 mm
_ _
D = D ± ΔD = (26,99 ± 0,001)mm
Erro relativo percentual: é encontrado comparando o resultado encontrado comum valor pré estabelecido.
Segundo a fonte: WWW.bcb.gov.br as dimensões da moeda de R1 são:
Diâmetro: 27mm
Peso: 7,00g
Espessura: 1,95 mm
Material: aço inoxidável (núcleo)
Aço revestido de bronze (anel)

Segundo a fonte: (http://www.alloywire.com/portuguese/alloy_stainless_steel_304.html)
a densidade do aço é 8,00g/cm³
Logo o erro percentual do diâmetro é:...
tracking img