Relatório reatividade dos metais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1138 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 TÍTULO

Reatividade dos metais e reações químicas.

2 OBJETIVOS

O objetivo da primeira parte é observar a corrosão de diferentes metais no meio ácido e o da segunda é observar a alteração na massa após a combustão da palha de aço.

3 RESUMO

No primeiro procedimento observamos a corrosão de diferentes metais no meio ácido. O procedimento consistiu em enumerar os tubos de 1 a 6.Em cada tubo de ensaio foi colocado um dos metais disponibilizados: magnésio, cobre, zinco, estanho, alumínio e palha de aço. Cada metal sofreu uma ação diferente da solução de ácido clorídrico, adicionado aos tubos de ensaio.
No segundo procedimento observamos a alteração da massa após a combustão da palha de aço. Aproximadamente em 1 grama de palha de aço, pesada e acomodada em um cadinho, foiateado fogo, com ventilação para que o sistema atingisse a total combustão, depois a da reação o sistema foi pesado novamente e anotado a variação de massa.

4 INTRODUÇÃO

Reações químicas são fenômenos, transformações que modificam a composição química das substâncias. As reações são evidenciadas através de sinais como aquecimento, formação de precipitado, liberação de gases, etc.Existem fatores que influenciam na velocidade das reações como: natureza dos reagentes, concentração dos reagentes, temperatura, superfície de contato, presença de um catalisador, afinidade química (reatividade).



5 MATERIAIS E MÉTODOS

5.1 Materiais Utilizados

5.1.1 Primeira Parte

1) Uma estante de tubo de ensaio
2) Seis tubos de ensaio
3) 100 ml de solução HCl (6 mol/L)
4) Amostrasde tamanhos similares de magnésio, cobre (fio de cobre), zinco, estanho, alumínio e palha de aço.

5.1.2 Segunda Parte

1) Balança analítica
2) Cadinho
3) Fósforo
4) Palha de aço

5.2 Procedimento Experimental

5.2.1 Primeira Parte

O procedimento iniciou-se com a enumeração dos tubos de ensaio de 1 a 6. Dentro dos tubos de ensaio foi colocada uma pequena quantia de cada metal,seguindo a sequência estipulada: tubo de ensaio 1: magnésio; tubo de ensaio 2: cobre; tubo de ensaio 3: zinco; tubo de ensaio 4: estanho; tubo de ensaio 5: alumínio e tubo de ensaio 6: palha de aço. Seguindo, os tubos de ensaio foram completados até aproximadamente um terço do seu volume com ácido clorídrico. Por fim, observamos as reações nos tubos de ensaio durante 20 minutos.

5.2.2 SegundaParte
A segunda parte consistiu em pesar aproximadamente 1 grama de palha de aço, sendo primeiramente pesado o cadinho e anotada a sua tara e depois a palha de aço foi pesada,

6 RESULTADOS E DISCUSSÃO

No primeiro procedimento foram observados nos tubos de ensaio os seguintes acontecimentos: No tubo de ensaio 1, contendo magnésio, rapidamente começou a efervescência, liberação de fumaça e opedaço de magnésio logo foi dissolvido, ocorreu o liberação de calor. No tubo de ensaio 2, contendo cobre, não ocorreu reação. No tubo de ensaio 3, contendo zinco, após alguns minutos, lentamente, começou a efervescência, ocorreu a liberação de calor. No tubo de ensaio 4, contendo estanho, não reagiu. No tubo de ensaio 5, contendo alumínio, após alguns minutos começou a efervescência e continuouaté o final do experimento, ocorreu a liberação de temperatura. No tubo de ensaio 6, contendo palha de aço,liberou poucos gases.
No segundo procedimento verificamos que houve aumento da massa depois da queima da palha de aço. A explicação da alteração da massa é que no início o peso registrado foi somente da palha de aço (ferro), o que indica a massa menor do que depois da combustão. Nacombustão da palha de aço o ferro reage com o oxigênio presente no ar, formando óxido de ferro e, portanto, há um aumento da massa.

7 CONCLUSÃO
Conclui-se que o tempo e intensidade de cada reação variam de acordo com a reatividade de cada metal, o que é comprovado analisando que o magnésio foi o que mais intensamente reagiu sendo dissolvido, liberando gases, e tendo uma reação exotérmica.
Quanto...
tracking img