Relatório de experimentação quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1006 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Gerenciamento dos Custos dos Acidentes e Doenças Ocupacionais

Objetivo:

Identificar e isolar os custos referentes aos Acidentes, Doenças ocupacionais e locais insalubres, para:
• Manter os recursos financeiros aos Programas de Segurança;
• Gerar novos recursos financeiros aos Programas de Segurança;
• Gerar recursos financeiros para modificação do local de trabalho;
• Administrar oscustos com EPIs.

Conceitos:

Investimento – Aplicação ou emprego de capitais, com esperança de obter proveitos;
Custo – Valor gasto para adquirir ou produzir um bem ou realizar um serviço;
Lucro – Ganho, rendimento ou remuneração de um investimento ou benefícios e vantagens;
Ponto de Equilíbrio – Nível em que o investimento é suficiente para cobrir todos os custos, não obtendo lucro e
nemprejuízo;
Prejuízo – Quando se deixa de obter lucro, vantagem ou beneficio.

Gráficos Demonstrativos das Curvas de Custo e Investimento
$ $ $
I C CI






a b NS c d NS f e g NS
Gráfico 1 Gráfico 2 Gráfico 3

Onde:
C – Curva que demonstra o Custo apurado dos Acidentes e DoençasOcupacionais;
I – Curva que demonstra o Investimento realizado para a Adoção das Medidas Preventivas;
$ – Valores verificados (investimento e custo);

NS – Nível de Segurança verificado (nível baixo – local inseguro com ocorrências de grande número de acidentes e doenças ocupacionais, verificando-se também alto número de reclamações trabalhista; nível alto – local seguro com ocorrências depequeno número de acidentes e doenças ocupacionais, verificando-se também baixo número de reclamações trabalhista).

Gráfico 1 - Representa o comportamento da curva do Investimento.
No início, com pequenos investimentos verificam-se aumentos significativos no Nível de Segurança. No final, com grandes investimentos, verificam-se pequenos aumentos no Nível de segurança, chegando-se a um ponto emque, aumentando-se o Investimento o Nível de Segurança não sofre variação. Quando o Investimento é baixo, o Nível de Segurança também é baixo, aumentando-se o Investimento, o Nível de Segurança também aumenta;
Ponto “a” – baixo Investimento, baixo Nível de Segurança;
Ponto “b” – alto Investimento, alto Nível de Segurança.

Gráfico 2 - Representa o comportamento da curva do custo.
No início,com pequenos aumentos no Nível de Segurança obtêm-se grandes reduções nos custos. No final, com grandes aumentos no Nível de Segurança, verificam-se pequenas reduções dos custos, chegando-se a um ponto em que, aumentando-se o Nível de Segurança os custos não sofrem variação. Quando o Nível de Segurança é baixo, o Custo é alto, aumentando-se o Nível de Segurança, o Custo é reduzido;
Ponto “c” –alto Custo, baixo Nível de Segurança;
Ponto “d” – baixo Custo, alto Nível de Segurança.

Gráfico 3 - Representa a sobreposição das curvas do Investimento e Custo. Neste gráfico encontramos o Ponto
de Equilíbrio “e” das curvas, onde, os valores do Investimento e do Custo se equivalem.

Ponto “f” – reduzindo-se os Investimentos, os Custos aumentam e o Nível de Segurança cai;
Ponto “g” –aumentando-se os Investimentos, os Custos são reduzidos e o Nível de Segurança aumenta. Esse ponto não é interessante para a empresa operar, porque o investimento é maior que os prováveis custos, e isso, significa perda financeira.
O empresário, procura sempre trabalhar, o mais próximo possível, no Ponto de Equilíbrio “e”, pois, no ponto “g” os custos são altos e, no ponto “f” o investimento é...
tracking img