Relatório de estagio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2034 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO

O relatório de estágio supervisionado I descreve as características físicas, materiais, humanas e administrativas da Instituição bem como o modelo assistencial. Foi evidenciado e vivenciado a operacionalidade do setor e as atribuições do Assistente Social e demais profissionais. Baseados nas informações coletadas foram levantados alguns pontos fortes e fracos e sugestõespara implantação de melhorias.
O relatório descreve ainda as diversas funções e atribuições do Assistente Social, baseado na Lei que regulamenta a Profissão e o agir do mesmo baseado na questão social do usuário. O estágio no Centro de Recuperação Resgatando Vidas trouxe uma realidade da questão social principalmente no que diz respeito à dependência química, a vulnerabilidadesocial do usuário. A referida Instituição desenvolve um trabalho de acolhimento e tratamento do dependente de substâncias psicotrópicas e apóia seus familiares, tendo como objetivo a reinserção social dos mesmos.
O estágio supervisionado I foi baseado apenas em caráter de observação como rege a devida legislação do estagiário no Brasil

Palavras chaves: social, assistência,legislação, usuários e drogas.

INTRODUÇÃO
I. ATRIBUIÇÕES E COMPETÊNCIAS DO ASSISTENTE SOCIAL

O assistente social é um profissional que está em contato direto e cotidiano com as questões da saúde pública coletiva, da criança, do adolescente, terceira idade, violência, habitação e educação, enfim atuam na problemática cotidiana, tanto a nível individual ou coletivo (IAMAMOTO, 2001)
Oassistente social tem como atribuição e competência, sejam aquelas realizadas na saúde ou em outro espaço sócio-ocupacional, são orientadas e norteadas por direitos e deveres constantes no Código de Ética Profissional e na Lei de Regulamentação da Profissão, que devem ser observados e respeitados, tanto pelas (os) profissionais, quanto pelas instituições empregadoras. (BRASIL, 1993)
A assistênciasocial tem por objetivos, a proteção à família, à maternidade, à infância, à adolescência e à velhice, o amparo às crianças e adolescentes carentes,assim como a promoção da integração ao mercado de trabalho, a habilitação e reabilitação das pessoas portadoras de deficiência e a promoção de sua integração à vida comunitária.
 

II. AS FUNÇÕES DO ASSISTENTE SOCIAL NAS DIVERSAS INSTITUIÇÕES.As funções do assistente social com base na Lei de Regulamentação da Profissão requisitam do (a) profissional algumas competências gerais que são fundamentais à compreensão do contexto sócio-histórico em que se situa sua intervenção, a saber, apreensão crítica dos processos sociais de produção e reprodução das relações sociais numa perspectiva de totalidade, análise do movimento histórico dasociedade brasileira, apreendendo as particularidades do desenvolvimento do capitalismo no país e as particularidades regionais; compreensão do significado social da profissão e de seu desenvolvimento sócio-histórico, nos cenários internacionais e nacionais, desvelando as possibilidades de ação contidas na realidade; identificação das demandas presentes na sociedade, visando a formular respostasprofissionais para o enfrentamento da questão social, considerando as novas articulações entre o público e o privado (ABEPSS, 1996).

III. OBJETIVOS

O Estágio tem como objetivo geral inserir e preparar o aluno no que se refere às ações administrativas e assistenciais da instituição. Além de realizar o levantamento de recursos físicos, materiais, humanos e administrativos, compararem àspráticas de assistência social a literatura específica e diagnosticar os pontos fortes e fracos baseados na literatura, propondo soluções para os problemas encontrados.

IV. METODOLOGIA

A metodologia aplicada foi a descritiva, baseada na literatura específica e na Legislação vigente, frente à pesquisa foram consultados os seguintes descritores: Política de assistência social, legislações...
tracking img